Criptos sobem com perspectivas da Nvidia; Nigéria barra acesso a bolsas de moedas digitais

Analistas acreditam que um rali na indústria de tecnologia dos EUA poderia complementar o bitcoin e ajudar em alta do criptoativo

O bitcoin e outras criptomoedas subiram nesta quinta-feira, 22, em meio ao ambiente favorável ao risco após os resultados acima das expectativas e projeções da fabricante de chips Nvidia.

Perto das 18h (de Brasília), o bitcoin tinha alta de 1,19%, a US$ 51.553,42. Enquanto isso, o ethereum subia 3,02%, a US$ 2.992,73, segundo a Binance.

“A perspectiva técnica do Bitcoin começou a se deteriorar ligeiramente à medida que o ímpeto desacelerou”, disse Yuya Hasegawa, analista da bolsa de criptomoedas Bitbank. “Um rali na indústria de tecnologia dos EUA poderia complementar o bitcoin”, acrescentou.

“A receita recorde da Nvidia e as perspectivas otimistas para as vendas futuras podem ser o barco de resgate do Bitcoin no curto prazo”, disse Hasegawa. “O Bitcoin já recuperou o nível em torno de US$ 52.000, mas sua consolidação pode continuar. Um rali no mercado acionário dos EUA poderia elevar o preço do Bitcoin dentro da faixa atual, mas US$ 53.000 provavelmente será uma resistência difícil de quebrar.”

Embora vários fatores tenham alavancado o Bitcoin nos últimos meses – incluindo a aprovação de fundos negociados em bolsa (ETFs) de Bitcoin à vista e uma mudança iminente na política do token, o mercado de ações também ajudou, de acordo com o Itaú Asset. As criptomoedas demonstraram estar correlacionadas com outros ativos sensíveis ao risco.

Em um desdobramento associado às moedas digitais, as autoridades da Nigéria bloquearam o acesso a algumas das maiores bolsas de criptomoedas do mundo, enquanto o governo tenta reprimir a especulação cambial diante da queda da naira, a moeda do país, para níveis recordes, segundo o Financial Times.

A Comissão Nigeriana de Comunicações (NCC), o regulador de telecomunicações, ordenou na noite de quarta-feira, 21, que as empresas de telecomunicações restringissem o acesso dos consumidores aos sites de empresas como Binance, Coinbase e Kraken, segundo pessoas familiarizadas com o assunto. A Nigéria fez implementação completa de moeda digital soberana, a eNaira.

Com informações do Estadão Conteúdo