Morning call: como será o terceiro dia da bolsa de valores em 2024? A sessão de hoje vai indicar

Um dia de alta, outro de queda. Ibovespa começa terceiro pregão do ano sem direção clara

O morning call de hoje mostra que a bolsa de valores abriu o ano em expressiva queda. O Ibovespa recuou 1,11% (132.692 pontos). Mas o dia de ontem foi de recuperação, com a bolsa experimentando alta de 0,10%, a 132.833 pontos.

A moeda norte-americana teve queda de 0,01% contra o real, cotada a R$ 4,9151.

Olhando para os indicadores que podem impactar o pregão de hoje, nas próximas horas, a atenção dos investidores vai se voltar para os indicadores dos EUA, incluindo o PMI de serviços da S&P Global e pesquisa da ADP sobre criação de empregos pelo setor privado.

A quinta-feira nos reserva as seguintes divulgações:

  • 08h00: IVAR/Índice de Variação de Aluguéis Residenciais de dezembro (Ibre-FGV)
  • 08h30: Estatísticas monetárias e de crédito de novembro (Banco Central)
  • 10h15: Pesquisa ADP/Saldo de empregos privados em dezembro nos EUA

Bolsas da Ásia fecham em baixa

As bolsas asiáticas fecharam em baixa nesta quinta-feira (4), seguindo Wall Street, que ontem reagiu negativamente à última ata de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA).

No primeiro pregão de 2024 após uma sequência de feriados, o índice japonês Nikkei caiu 0,53% em Tóquio hoje, a 33.288,29 pontos. Em outras partes da Ásia, o sul-coreano Kospi recuou 0,78% em Seul, a 2.587,02 pontos, o Taiex registrou perda marginal de 0,06% em Taiwan, a 17.549,65 pontos, e o Hang Seng ficou praticamente estável em Hong Kong, com pontuação de 16.645,98.

Na China continental, o Xangai Composto teve declínio de 0,43%, a 2.954,35 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto, queda de 0,84%, a 1.797,50 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana também ficou no vermelho, a exemplo da Ásia e de Wall Street. O S&P/ASX 200 caiu 0,39% em Sydney, a 7.494,10 pontos.

Morning call: o que ocorreu ontem pode afetar hoje?

O dia foi movimentado, principalmente por conta da divulgação da ata do Fed (Federal Reserve, o banco central norte-americano). O documento mostrou a instituição e seus membros cautelosos, não sinalizou quando deve ocorrer a queda de juros nos Estados Unidos, mas não fechou totalmente a porta ao ponderar que seus dirigentes consideram que a taxa no país está no pico ou perto dele.

Enquanto isso, no Brasil, a entrada de investimentos diretos surpreendeu e ficou acima do esperado para o mês de novembro. No cenário político, a deputada federal e presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, rebateu declarações dadas pelo ministro da Fazenda Fernando Haddad.

Saiba mais sobre ações

As ações da Petrobras (PETR4) estão na lista de recomendações de BTG, BB, Safra e Ágora. O papel fechou 2023 com 95% de valorização. Entenda mais sobre o assunto nesta reportagem da Inteligência Financeira.
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O que aconteceu nas bolsas de Nova York ontem

As bolsas de Nova York fecharam em queda nesta quarta-feira (3) após investidores interpretarem dados econômicos e a ata do Federal Reserve (Fed) como fatores que injetam incertezas na expectativa majoritária por agressivos cortes de juros a partir de março.

O índice Dow Jones encerrou a sessão em baixa de 0,76%, a 37.430,19 pontos; o S&P 500 perdeu 0,80%, a 4.704,81 pontos; e o Nasdaq cedeu 1,18%, a 14.592,21 pontos.

Com informações da Dow Jones Newswires e do Estadão Conteúdo