Ibovespa mantém 121 mil pontos e tem queda de 0,57%; dólar sobe a R$ 4,78

Queda hoje é puxada por perdas de Vale e pressão do cenário externo; dólar recupera perda de julho e sobe 1,27%

O ambiente externo negativo contaminou o Ibovespa no primeiro pregão de agosto, estimulando correção após a alta de 3,27% em julho. O índice de referência da bolsa brasileira registrou queda de 0,57%, aos 121.248 pontos.

Já o dólar avançava na contramão da bolsa, impulsionado pela perda nos Treasury bonds, títulos da dívida americana. O câmbio subiu 1,27%, cotado a R$ 4,7895, invertendo a desvalorização sofrida em julho de 1,25%.

O que movimentou o Ibovespa hoje?

Índices de gerentes de compras (PMIs, na sigla em inglês) industriais da China e de parte da Europa relativos a julho vieram fracos. Nos EUA, o indicador subiu a 49, como o esperado.

Os resultados elevam os temores com a desaceleração da economia global, dado que todos ficaram abaixo de 50, sugerindo contração da atividade.

No cenário doméstico, a Vale refletiu o pessimismo do investidor com a fraca demanda da economia chinesa. Acompanhando a queda do minério de ferro, as ações ON (VALE3) encerraram o pregão com desvalorização de 1,39%.

A sessão desta terça-feira (1) também é marcada pela cautela antes da decisão da nova Selic no Brasil.

Melhores e Piores ações nesta terça-feira (1)

Liderando as melhores ações nesta terça-feira (1), os papéis ordinários da gestora de materiais esportivos Cambuci (CAMB3) registraram alta de 10,85%.

Por outro lado, o pior desempenho da B3 ficou com a varejista de imóveis Westwing, cujas ações ordinárias (WEST3) tiveram queda de -8,70%.

A lista de melhores e piores ações contempla todas as ações da B3 com movimentação de mais de R$ 1 milhão no dia e foi atualizada às 17h40 podendo haver alterações. Confira a lista desta terça:

Melhores ações

  1. Cambuci: (CAMB3): +10,85%
  2. Springs ON (SGPS3): +8,55%
  3. Recrusul PN (RCSL4): +7,07%
  4. BR Partners PN (BRBI11): +6,09%
  5. Sequoia ON (SEQL3): +5,38%

Piores ações

  1. Westwing ON (WEST3): -8,70%
  2. Copasa ON (CSMG3): -8,45%
  3. Mobly ON (MBLY3): -6,87%
  4. BR Properties ON (BRPR3): -5,20%
  5. Estapar ON (ALPK3): -4,63%

Bolsas dos Estados Unidos

Nos Estados Unidos, as bolsas não encerraram o pregão de maneira uniforme. O S&P 500 e a Nasdaq amargaram perdas, enquanto o Dow Jones registrou alta. Foram divulgados nesta terça dados de do mercado de trabalho e de inflação ao produtor (PPI), cujo núcleo acelerou acima da média esperada pelo mercado.

O Dow Jones se valorizou em 0,2%, subindo para 35.630 pontos. O S&P 500 e a Nasdaq, por outro lado, tiveram quedas de 0,27% e 0,43%, respectivamente. O índice das 500 maiores empresas dos EUA encerrou o pregão aos 4.576, enquanto a bolsa com foco em empresas de tecnologia terminou o dia em 14.283 pontos.

Bolsas da Europa

As bolsas europeias fecharam em baixa nesta terça-feira, 1, com investidores temerosos com o setor industrial da zona do euro e da China, que tiveram índices de gerentes de compras (PMIs) industriais abaixo do esperado divulgados pela manhã.

Em Londres, o FTSE 100, recuou 0,43% a 7.666 pontos, enquanto o índice DAX, em Frankfurt, fechou em queda de 1,26%, a 16.240 pontos. O CAC 40, em Paris, caiu 1,22%, a 7.406 pontos, e o FTSE MIB, em Milão, também teve perdas, de 0,97%, a 29.356 pontos. Em Madri, o índice Ibex 35 recuou 1,44%, a 9.502 pontos. Na Bolsa de Lisboa, o PSI 20 teve queda de 0,90%, a 6.080 pontos.

Com informações do Estadão Conteúdo