EDP reduz o valor por ação a ser pago em OPA da EDP Brasil

A EDP reduziu de R$ 24 para R$ 23,73 o preço a ser pago por ação no âmbito da oferta pública de aquisição que tem como objetivo o fechamento do capital da EDP Brasil no país

A EDP reduziu de R$ 24 para R$ 23,73 o preço a ser pago por ação no âmbito da oferta pública de aquisição (OPA) que tem como objetivo o fechamento do capital da EDP Brasil no país.

O ajuste foi feito devido à distribuição de R$ 152 milhões, o equivalente a R$ 0,2694 por ação, em dividendos, aprovado pela assembleia geral ordinária e extraordinária (AGE) da companhia.

Atualmente, cerca de 42,3% das ações da companhia estão em circulação na bolsa brasileira.

Entenda como funciona a estratégia

Oferta pública de aquisição (OPA) é um termo que ganhou destaque nas últimas semanas, mas que ainda gera muitas dúvidas. Enquanto de um lado existem empresas que fazem sua abertura de capital, oferecendo ações para o mercado no famoso IPO , de outro temos aquelas que traçam o caminho contrário. Quer entender mais esse movimento? A Inteligência Financeira te explica o que é oferta pública de aquisição, como ela funciona e por que as empresas fazem esse movimento. Confira:

O que significa oferta pública de aquisição?

Oferta pública de aquisição é o processo pelo qual uma empresa passa quando quer tirar suas ações da Bolsa de Valores. Quando uma companhia faz uma OPA, ela deixa de ser uma empresa de capital aberto e de ser negociada no mercado de ações. A oferta pública de aquisição pode ser feita quando uma empresa deseja fazer o fechamento do seu capital, parcial ou totalmente.

Qual a diferença entre IPO e OPA?

A oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) é um processo em que uma empresa privada decide abrir o capital e tem as suas ações vendidas pela primeira vez na Bolsa de Valores. Ao fazer esse movimento, uma companhia deixa de ter um dono específico ou um grupo restrito de sócios e passa a ter muitos acionistas , como fundos ou pequenos investidores.

Já a oferta pública de aquisição, ou OPA, é o processo inverso. “Quando uma empresa aberta decide fechar o capital acontece a oferta pública de aquisição. Esse é um processo menos comum no mercado. Poucas empresas decidem mudar de estratégia, mas pode acontecer. De um modo geral, alguns motivos podem levar uma companhia a fazer uma OPA”, explica Ricardo Rodil, analista financeiro e líder de mercado de Capitais do Grupo Crowe Macro.

Leia a seguir

Leia a seguir