Vendas no varejo da zona do euro caem 0,3% em novembro ante outubro; bolsas da Europa operam em baixa

O resultado veio abaixo da expectativa de analistas consultados pela FactSet, que previam recuo de 0,1% das vendas no período

As vendas no varejo da zona do euro caíram 0,3% em novembro ante outubro de 2023, segundo dados publicados nesta segunda-feira (8) pela agência oficial de estatísticas da União Europeia (UE), a Eurostat.

O resultado veio abaixo da expectativa de analistas consultados pela FactSet, que previam recuo de 0,1% das vendas no período.

Na comparação anual, as vendas do setor varejista do bloco sofreram contração de 1,1% em novembro. A Eurostat também revisou as vendas de outubro, para alta mensal de 0,4% e recuo anual de 0,8%.

Bolsas da Europa operam em baixa

As bolsas europeias operam em baixa nesta manhã desta segunda-feira mantendo o sentimento negativo da primeira semana de 2024 e com perdas lideradas por petrolíferas, enquanto investidores monitoram dados econômicos locais e aguardam, mais adiante, nova leitura da inflação ao consumidor (CPI) dos EUA.

Por volta das 6h10 (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 recuava 0,18%, a 475,53 pontos. O setor petrolífero e de gás tinha a maior queda, de 1,58%, à medida que as cotações do petróleo caíam em torno de 1% após a Arábia Saudita anunciar cortes nos preços da commodity.

De madrugada, um indicador de encomendas à indústria alemã decepcionou com avanço menor do que o esperado. Vão ser divulgados nesta segunda números do varejo e de confiança da zona do euro.

Na semana, o grande destaque é o CPI dos EUA, dado de inflação a ser divulgado na quinta-feira (11) que costuma ter forte influência na trajetória dos juros básicos americanos. Na última sexta-feira (5), o forte desempenho do mercado de trabalho americano pesou nas expectativas para cortes de juros pelo Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) neste ano.

Já na próxima sexta (12), começa nova temporada de balanços trimestrais nos EUA, com destaque para resultados de grandes bancos.

Às 6h27 (de Brasília), a Bolsa de Londres caía 0,43%, a de Paris recuava 0,33% e a de Frankfurt perdia 0,16%. Já as de Milão, Madri e Lisboa tinham baixas de 0,40%, 0,48% e 1,38%, respectivamente.

Com informações do Estadão Conteúdo