Inter (INBR32) recebe licença para abrir corretora nos Estados Unidos

O anúncio foi feito nesta sexta-feira durante o Opening Bell da Nasdaq

A Inter&Co (INBR32), controladora do Grupo Inter, recebeu uma licença da Financial Industry Regulatory Authority (Finra), agência autorreguladora de corretagem nos Estados Unidos, para operar como corretora de investimentos no país.

O anúncio foi feito nesta sexta-feira, durante o Opening Bell da Nasdaq, cerimônia que marca a abertura do mercado na bolsa de valores norte-americana.

A novidade vai permitir que, a partir de uma conta na Inter&Co Securities, os clientes tenham acesso a uma gama maior de investimentos offshore além de renda variável, Reits (fundos imobiliários) e ETFs, que já eram disponibilizados há um ano e atraíram cerca de 250 mil clientes.

“Com a corretora americana nós vamos oferecer ainda mais possibilidades aos nossos clientes e também damos um passo muito importante para levar para os Estados Unidos todos os produtos de investimento que temos no Brasil”, afirma o CEO da Inter&Co, João Vitor Menin.

O diretor da Inter Invest, Felipe Bottino, ficará baseado nos Estados Unidos para tocar diretamente a expansão do negócio.

Ele se juntará a Cassio Segura, executivo sócio da recém-adquirida YellowFi e ex-CEO do BB Americas, que está à frente de toda a operação do Inter nos EUA, e a John Torola, que será o líder da nova corretora. Torola liderou a área de compliance da Alpaca Securities e da fintech Wealthfront, e atuou por mais de 20 anos na Finra.

Além disso, nas próximas semanas a Inter&Co vai receber o credenciamento RIA (Registered Investment Adviser), o que vai permitir criação de uma área de atendimento Wealth, e a disponibilização de carteiras administradas com ativos em dólar para o varejo.