Goldman Sachs: Expectativa de inflação do Focus sugere corte de 0,25 ponto porcentual na Selic

No boletim Focus desta semana, a mediana das projeções para o IPCA permaneceu estável em 4,95% para 2023 e em 3,92% para 2024

Na avaliação do Goldman Sachs, as expectativas de inflação do mercado financeiro para os anos de 2024, 2025 e 2026 colhidas no último boletim Focus, do Banco Central, apontam para um “corte conservador” de 0,25 ponto porcentual na taxa Selic em agosto, e não de 0,50 p.p.

“Em nossa avaliação, iniciar o ciclo de flexibilização com um corte de 0,50 p.p. provavelmente exigiria uma combinação de melhoria adicional das expectativas de inflação, surpresas favoráveis na inflação e uma cotação dólar/real igual ou inferior a R$ 4,80”, escreveu o diretor de pesquisa macroeconômica para América Latina do banco, Alberto Ramos, em relatório.

Focus desta semana

No boletim Focus desta semana, a mediana das projeções para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) permaneceu estável em 4,95% para 2023 e em 3,92% para 2024. Para 2025, a projeção do IPCA caiu de 3,60% para 3,55%, e ficou estável em 3,50% para 2026.

“As expectativas parecem ter se estabilizado após a visível queda imediatamente após a decisão do Conselho Monetário Nacional (CMN) de manter a meta de inflação em 3,0%”, escreveu Ramos.

A mediana das expectativas do mercado para a Selic ao final de 2023, 2024, 2025 e 2026 permaneceu estável em 12,0%, 9,50%, 9,0% e 8,75%, respectivamente, de acordo com o Focus.

Com informações do Estadão Conteúdo