Bitcoin cai, mas acumula alta de 0,9% em 7 dias enquanto mercado espera por CPI e Fomc

A maior das criptomoedas acumula ganhos de 0,9% em sete dias, enquanto o ether cai 0,9%

O bitcoin (BTC) e o ether (ETH) operam em queda nesta sexta-feira (9), mas pelo menos para o bitcoin a semana deve terminar positiva. A maior das criptomoedas acumula ganhos de 0,9% em sete dias, enquanto o ether cai 0,9%.

Na próxima semana, o primeiro foco dos investidores será o Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês) dos Estados Unidos às 10h30 (horário de Brasília) da terça (13). O indicador sai antes da decisão de juros do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) dos EUA na quarta-feira (14) às 16h e do discurso do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, às 16h30. Se houver sinalização de que o ritmo de aperto monetário pode ser reduzido, o impacto nos mercados de renda variável será positivo.

Entre outros destaques, na terça-feira sai o CPI da Alemanha, e ocorrem decisões de política monetária do Banco Central Europeu (BCE) e do banco central da Inglaterra, ambos na quinta-feira (15).

Perto das 18h33 (horário de Brasília) o bitcoin cai 0,6% em 24 horas, cotado a US$ 17.111, e o ether, moeda digital da rede ethereum, tem queda de 1,5% a US$ 1.259, conforme dados do CoinGecko. O valor de mercado somado de todas as criptomoedas do mundo é de US$ 889 bilhões. Em reais, o bitcoin tem perdas de 0,3% a R$ 89.821 e o ether se desvaloriza em 1,25% a R$ 6.616, de acordo com valores fornecidos pelo MB.

Em Wall Street, o índice Dow Jones caiu 0,9% a 33.476 pontos, o S&P 500 registrou queda de 0,73% a 3.934 pontos e o Nasdaq, focado em empresas de tecnologia, recuou 0,7% a 11.004 pontos.

Segundo Lucca Benedetti, analista do MB, a semana passada foi parada e isso parece até positivo diante do panorama do mês de novembro. Os próximos dias, ao que tudo indica, não correm risco de serem parados como os últimos.

“Temos a divulgação do CPI, que é o principal índice de inflação dos EUA, e a decisão do Fomc logo depois do CPI. Esperamos que a inflação venha dentro do esperado pelos economistas ou abaixo, o que faria com que o Fed diminuísse o ritmo de aumento dos juros nos EUA”, avalia. Para ele, o Fomc deve elevar as taxas de juros dos EUA em 0,5 ponto percentual na quarta.

Vale lembrar que no dia 13, o fundador da FTX, Sam Bankman-Fried, será ouvido em audiência no Congresso americano.