Ibovespa interrompe sequência de ganhos e perde os 120 mil pontos; dólar encerra em alta

Depois de tocar os 123 mil pontos na semana e renovar a máxima, a bolsa brasileira quebra sequência positiva

A bolsa brasileira terminou o pregão desta quinta-feira (27) interrompendo a sequência de cinco altas consecutivas. Ao final do dia, o Ibovespa teve queda de 2,10% hoje, aos 119.989 pontos, pressionado pelas baixas nas ações de Petrobras, Vale e do Bradesco.

Na contramão da bolsa, o dólar teve alta de 0,65% e encerrou o dia de negociações valendo R$ 4,7587, recuperando-se das baixas do início da semana.

O que fez o Ibovespa cair hoje?

O que pesou contra o principal índice da bolsa de valores hoje foram as quedas nas ações com maior liquidez no Ibovespa: Vale e Petrobras. Os papéis ON (VALE3) registraram queda de 1,87% nesta quinta.

Na Petrobras, o pessimismo veio da divulgação da prévia operacional da empresa, que antecede o balanço consolidado da petroleira. As ações ordinárias da Petrobras (PETR3) e preferenciais (PETR4) caíram 5,69% e 5,23%, respectivamente.

A petroleira informou que fechou o segundo trimestre com produção média de óleo e gás de 2,603 milhões de boe, queda de 0,5% na comparação com o mesmo trimestre de 2022.

Melhores e piores ações da Bovespa nesta quinta-feira (27)

A lista de melhores e piores ações contempla todas as ações da B3 com movimentação de mais de R$ 1 milhão no dia e foi atualizada às 18h00 podendo haver alterações.

As ações preferenciais do Banco Pine despontaram como as de maior retorno na bolsa de valores nesta tarde. Os papéis (PINE4) tiveram ganhos de +7,40% nesta quinta.

Por outro lado, as ações ordinárias da construtora Tenda (TEND3) deram o maior prejuízo aos bolsos dos acionistas na Bovespa no pregão de hoje, com queda de -7,76%.

Confira a lista das melhores e piores ações desta quinta-feira:

Melhores

  1. Banco Pine PN (PINE4): +7,40%
  2. Desktop ON (DESK3): +5,09%
  3. Assaí ON (ASAI3): +4,27%
  4. CSU Digital ON (CSUD3): +3,53%
  5. SLC Agrícola (SLCE3): +2,72%

Piores

  1. Tenda ON (TEND3): -7,76%
  2. Enjoei ON (ENJU3): -7,30%
  3. EspaçoLaser ON (ESPA3): -7,19%
  4. Gol PN (GOLL4): -6,12%
  5. Petrobras ON (PETR3): -5,69%

Bolsas de valores nos Estados Unidos

As bolsas de Nova York tiveram queda geral nesta quinta-feira. Os índices americanos – Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq – foram pressionados pela sinalização do Federal Reserve, banco central dos EUA, de tornar a fiscalização sobre bancos privados mais rígida.

O Dow Jones caiu 0,67% aos 35.282 pontos, enquanto o S&P 500 teve queda de 0,64%, fechando o dia aos 4.537 pontos. O Nasdaq, por sua vez, teve a menor queda entre os índices americanos, encerrando o pregão com desvalorização de 0,51% aos 14.050 pontos.

Bolsas na Europa

As bolsas europeias fecharam majoritariamente em alta nesta quinta, após investidores interpretarem as declarações da presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, como dovish (mais amena) depois da alta de 25 pontos-base nas taxas de juros da zona do euro.

Em Londres, o FTSE 100, subiu 0,21% a 7.692 pontos, enquanto o índice DAX, em Frankfurt, fechou em alta de 1,70%, a 16.406 pontos. O CAC 40, em Paris, cresceu 2,05%, a 7.465 pontos, e o FTSE MIB, em Milão, também teve ganhos, de 2,13%, a 29.597,81 pontos. Em Madri, o índice Ibex 35 subiu 0,95%, a 9.694 pontos. Na Bolsa de Lisboa, o PSI 20 teve queda de 1,36%, a 6.188 pontos.

Com informações do Estadão Conteúdo