Melhores e piores da Bolsa: IRB sobe mais de 20% e lidera; Magalu fica entre as maiores quedas

Veja as empresas que tiveram os melhores resultados, e as que apresentaram as piores quedas nesta quarta-feira, 21 de dezembro

Números preliminares do balanço da IRB (IRBR3) impulsionaram o valor das ações da empresa na Bolsa de Valores na sessão desta quarta-feira (21), quando o Ibovespa fechou em alta pelo terceiro dia seguido.

Com um lucro líquido de R$ 6,4 milhões em outubro de 2022 contra prejuízo de R$ 84,8 milhões no mesmo mês de 2021, a IRB animou os investidores.

A resseguradora bateu mais de 24% de valorização no pregão, amenizando as perdas ao longo do ano e ficando com a maior valorização do dia entre empresas com volume na casa dos milhões ou acima disso.

Ainda assim, os papéis acumulam desvalorização de mais de 75% nos últimos 12 meses.

Magalu entre as piores

Na outra ponta, o Magazine Luiza (MGLU3) ficou entre as piores ações do dia, com uma queda de mais de 7%, acumulando quase 60% de perda do valor dos papéis nos últimos 12 meses. Em relatório, o Santander disse que a empresa de varejo ainda deve sofrer durante um tempo por conta dos seus múltiplos esticados para a atuação situação da empresa.

Saúde sofre, mais uma vez

A Kora (KRSA3) também esteve entre as empresas que mais perdeu na Bolsa nesta quarta. O grupo de saúde teve queda de dois dígitos ao final da sessão, dando sequência ao momento ruim das empresas do setor na B3.

Na terça-feira (20), três empresas do setor estiveram entre os cinco piores resultados. As empresa foram prejudicadas pela aprovação da fusão entre Rede D’Or (RDOR3) e SulAmérica (SULA11).

Confira as melhores ações da Bolsa hoje

  • IRB Brasil (IRBR3) +24,69%
  • Armac (ARML3) +7,29%
  • Mobly (MBLY3) +5,67%
  • Pague Menos (PGMN3) +5,31%
  • Springs (SGPS3) +4,66%

Veja os piores resultados

  • Kora Saúde (KRSA3) -13,63%
  • PDG (PDGR3) -9,09%
  • Magazine Luiza (MGLU3) -7,44%
  • Espaçolaser (ESPA3) -5,26%
  • Valid (VLID3) -4,92%