Bolsa de valores hoje: Ibovespa cai 1,21% e dólar também registra queda

Ibovespa hoje cai com forte recuo das ações de commodities com destaque para Vale (VALE3); confira os destaques da bolsa de valores

A bolsa de valores hoje reverteu a alta de quarta-feira e aprofundou perdas diante da cautela de investidores e com a repercussão da ata do Fomc, comitê de política monetária do Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos).

Assim, o Ibovespa terminou o dia em queda de 1,21%, próximo da mínima do pregão, cotado a 131.225,91 pontos.

O dólar também registrou queda. A moeda norte-americana teve baixa de 0,15% contra o real brasileiro, terminando o pregão sob o valor de R$ 4,9079.

Confira a seguir os destaques do Ibovespa e da bolsa de valores hoje.

Ibovespa hoje

Com ânimo arrefecido pela ata do Fed, o Ibovespa teve um dia de queda generalizada. Apenas sete das 84 ações do índice registraram alta, entre elas Assaí (ASAI3), BB Seguridade (BBSE3) e Braskem (BRKM5).

Nos Estados Unidos, os avanço dos Treasuries inibiu a procura por investimentos de alto risco, como ativos brasileiros.

Para Helder Wakabayashi, analista da Toro Investimentos, o início do pregão deu a impressão de que o dia seria positivo para investidores. “Mas esse movimento se reverteu e começamos a ver um movimento forte de venda do Ibovespa”.

Dados dos Estados Unidos de pedidos de seguro desemprego mostraram alguma resiliência da economia americana, aponta o analista. “Mas nada que não fuja de um soft landing nos Estados Unidos”.

A baixa de hoje foi puxada principalmente pela queda de Vale. As ações ON da mineradora (VALE3) caíram 1,34%. Além disso, papéis do setor financeiro também pesaram: Itaú (ITUB3;ITUB4) teve queda de 0,66%, enquanto o Bradesco (BBDC3;BBDC4) caiu 1,3%.

Anteriormente, no pregão da quarta-feira, o principal índice da bolsa fechou em alta, impulsionado pela Petrobras (PETR3; PETR4) e seus pares após elevação no preço do petróleo.

Dólar hoje

A moeda norte-americana também aprofundou queda hoje. O dólar cedeu ainda mais após dados dos EUA confirmarem a hipótese de soft landing nos EUA, afirma Wakabayashi. Assim, o dólar caiu 0,15%, cotado a R$ 4,9079.

No cenário internacional, a moeda norte-americana também perdeu força contra pares de economias desenvolvidas. O índice DXY, que mede o desempenho do dólar contra o iene e o euro, entre outros rivais, teve queda de 0,07%, a 102,422 pontos.

Melhores ações da bolsa de valores hoje

Considerando todas as ações do índice Bovespa, a maior alta do dia ficou com a Gafisa (GFSA3). O ativo ordinário da incorporadora terminou o dia com avanço de 8,26%.

Confira a seguir a lista das cinco principais ações em alta na bolsa de valores hoje. A lista adota um critério: foram considerados papéis da Bovespa que movimentaram R$ 1 milhão ou mais em transações no pregão.

  1. Gafisa ON (GFSA3): +8,26%
  2. PDG ON (PDGR3): +4,88%
  3. Recrusul ON (RCSL3): +4,80%
  4. BR Partners UNIT (BRBI11): +3,70%
  5. Banco Pine PN (PINE4): +2,81%

Piores ações da Bovespa

A Zamp afundou na bolsa de valores hoje. A ação ZAMP ON (ZAMP3) despencou -19,31%, após a companhia anunciar na noite de ontem a renúncia do CEO Marcos Grodetzky.

A saída de Grodetzky foi divulgada após a AGE convocada pela Zamp decidir pela saída da companhia do Novo Mercado da B3 sem a realização de uma OPA (Oferta Pública de Ações).

Confira abaixo as cinco piores ações da bolsa de valores hoje. O ranking segue os mesmos critérios da lista de melhores ações.

  1. Zamp ON (ZAMP3): -19,31%
  2. Pague Menos ON (PGMN3): -11,40%
  3. Tenda ON (TEND3): -10,92%
  4. Sequoia Logística ON (SEQL3): -10,81%
  5. Lojas Quero-Quero ON (LJQQ3): -7,63%

Bolsas de Nova York

As bolsas de Nova York fecharam sem direção única hoje, após dados indicarem resiliência do mercado de trabalho e do setor de serviços nos Estados Unidos. O resultado ameaça confiança de investidores de que o Federal Reserve (Fed) cortará juros agressivamente a partir de março, em um movimento que tem esfriado o ímpeto positivo que havia impulsionado Wall Street na reta final de 2023.

O índice Dow Jones encerrou a sessão em alta de 0,03%, a 37.440,34 pontos, enquanto o S&P 500 caiu 0,34%, a 4.688,68 pontos. O Nasdaq teve a pior queda entre índices, com recuo de 0,56%, aos 14.510,30 pontos.

Bolsas da Europa

As bolsas da Europa fecharam em alta nesta quinta-feira (4) marcando o primeiro pregão de ganhos em 2024, em meio a uma rodada de índices de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) mais fortes do que o esperado na região e em parceiros comerciais importantes.

Em Londres, o FTSE 100 fechou em alta de 0,53%, a 7.723,07 pontos. Já em Frankfurt, o DAX 40 encerrou o pregão em alta de 0,48%, a 16.617,29. Além disso, em Paris, o CAC40 avançou 0,52%, a 7.450,63 pontos, enquanto em Milão, o FTSE MIB subiu 1,01%, a 30.403,96.

Por fim, em Lisboa, o PSI20 avançou 1,18%, a 6.486,34 pontos e, em Madri, o IBEX 35 subiu 1,28%, a 10.182,40 pontos.

Com informações do Estadão Conteúdo