Saiba quais documentos são necessários para fazer a declaração do Imposto de Renda 2024

Todas as informações enviadas à Receita Federal pelo contribuinte devem ser comprovadas

Quais são os documentos necessários para fazer a declaração do Imposto de Renda? O prazo para declarar o Imposto de Renda 2024 à Receita Federal só deve ter início no dia 15 de março. Mas, quem quiser se adiantar para aquela que é uma das partes mais trabalhosas do acerto com o Leão, pode usar a lista que preparamos para te ajudar nesta missão.

“A falta de documentos é o calcanhar de Aquiles da declaração do Imposto de Renda, porque sem os comprovantes certos, o contribuinte pode errar na declaração, o que torna mais provável cair na malha fina”, explica Kályta Caetano, head de contabilidade da empresa Maismei.

A falta de documentos é o calcanhar de Aquiles da declaração do Imposto de Renda.

Kályta Caetano, head de contabilidade da Maismei

Kályta afirma que mesmo que o contribuinte opte pela declaração pré-preenchida, é seu dever confirmar cada um dos documentos na declaração Imposto de Renda 2024.

De acordo com a empresária, a falta de documentação correta pode fazer com que a declaração seja entregue no fim do prazo e até mesmo incompleta, o que aumenta a chance de cair na malha fina.

Lista de documentos para declarar o Imposto de Renda

A lista de documentos para declarar o IR 2024 inclui a última declaração – Foto: 2h media/Unsplash

Como o prazo para entrega dos informes de rendimento pelas fontes pagadoras é o último dia útil de fevereiro (que neste ano cai no dia 29 de fevereiro, por ser um ano bissexto), pode ser que o contribuinte ainda não tenha acesso a alguns destes documentos. Mas já é possível ir juntando os principais. Veja:

Documentos Gerais

  • Última declaração do Imposto de Renda e o recibo de entrega
  • Documentos pessoais do titular da declaração: CPF e comprovante de endereço
  • CPF de cada dependente ou alimentando (pessoa a quem o contribuinte paga pensão alimentícia)
  • Conta bancária para restituição ou pagamento de imposto

Declaração de Rendimentos tributáveis, isentos e tributados exclusivamente na fonte

  • Informes de rendimentos fornecidos por cada fonte pagadora
  • Comprovante de rendimentos do trabalho não assalariado
  • Comprovantes de rendimentos de aluguéis
  • Comprovantes de rendimentos de pensões alimentícias e outros rendimentos semelhantes
  • Comprovantes de rendimentos de aposentadoria ou pensão do INSS
  • Comprovantes de rendimentos de seguro-desemprego, FGTS
  • Demais comprovantes de rendimentos

Declaração de Bens e Direitos

Aqui, é preciso reunir todos os documentos que comprovem a posse ou propriedade de bens ou direitos em 31.12.2023 a serem declarados no Imposto de Renda. Alguns exemplos:

  • Quem comprou ou vendeu casa ou carro, por exemplo, precisa ter os contratos, escrituras ou notas fiscais que comprovem as transações. Esses documentos precisam ter o CPF ou CNPJ do comprador/ vendedor e também o valor da transação
  • Se comprou bens financiados, verificar os valores com o banco, especialmente as prestações pagas no ano-calendário da declaração
  • Informes de saldos e rendimentos fornecido por cada instituição bancária em que o contribuinte tenha contas, aplicações financeiras e operações de empréstimo ou financiamento
  • Informes de transações com criptoativos
  • Notas de corretagens emitidas por corretora de investimentos em ações 

Pagamentos com despesas dedutíveis

Além disso, é muitíssimo importante que cada despesa dedutível que o contribuinte queira declarar no Imposto de Renda tenha seu comprovante, que deve ser guardado por cinco anos. Por isso, esses documentos devem ter a identificação do titular, dependente ou alimentando:

  • Comprovantes de pagamentos a escolas do ensino infantil, fundamental, médio, nível superior ou técnico
  • Comprovantes de pagamentos a médicos, dentistas, hospitais, planos de saúde, fisioterapeutas, psicólogos, exames laboratoriais, aquisição de aparelho e prótese ortopédica
  • Comprovantes de pagamentos feitos à previdência complementar
  • Comprovantes de pagamentos feitos a título de pensão alimentícia judicial

Outros pagamentos e doações

  • Comprovantes de pagamentos efetuados a título de aluguéis e arrendamento rural
  • Comprovantes de pagamentos feitos a profissionais autônomos como: advogados, engenheiros, arquitetos, corretores, professores, entre outros
  • Comprovantes de doações feitas ou recebidas

Tem dúvidas sobre como declarar o Imposto de Renda 2024? Envie sua pergunta para o quadro da Inteligência Financeira “O que é que eu faço, Sophia?”, através do e-mail sophia.camargo@inteligenciafinanceira.com.br