Proteção nas incertezas, elétricas sobem na Bolsa; Ibovespa estende alta para 3%

Ações da Bolsa brasileira ampliaram a alta após a aprovação em segundo turno, no Senado, da PEC dos precatórios

Foto: Alexandre Marchetti /ItaipuBinacional

O mercado financeiro brasileiro recebeu uma má notícia nesta quinta-feira (2): o PIB (Produto Interno Bruto) do país encolheu 0,1% no terceiro trimestre deste ano em comparação com o mesmo período de 2020. Como essa é a segunda queda consecutiva, por definição pode-se dizer que o país entrou em recessão. Os investidores estão correndo agora para comprar ações de um setor que costuma ser mais estável em momentos negativos: o de energia elétrica.

Por ser bastante regulado e previsível – com contratos de longo prazo reajustados periodicamente pela inflação –, oferece relativa proteção em crises como a que o Brasil vive.

Às 14h37, as ações de geradoras, transmissoras e distribuidoras de energia estavam entre as maiores altas do Ibovespa, o principal índice acionário brasileiro. A CPFL disparava 3,9%, para R$ 27,71; a Eletrobras tinha alta de 5,7%, a R$ 34,61; e a Taesa avançava 3,8%, para R$ 37,25. O Ibovespa subia 3%, aos 103.801 pontos.

PIB em queda

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) informou pela manhã que, apesar da alta de 1,1% nos serviços, que respondem por mais de 70% do PIB nacional, o índice foi influenciado para baixo principalmente por conta da queda de 8% na agropecuária e também pelo recuo de 9,8% nas exportações de bens e serviços. Já a indústria ficou estável.

A queda de 0,1% na atividade no terceiro trimestre veio em linha com as previsões do mercado, que apontavam entre um crescimento trimestral de 0,1% e uma retração de 0,1%.

O PIB está no patamar do início de 2020, período pré-pandemia, e ainda está 3,4% abaixo do ponto mais alto da atividade econômica na série histórica, alcançado no primeiro trimestre de 2014. Em valores correntes, o PIB atingiu R$ 2,2 trilhões no terceiro trimestre. Em relação ao terceiro trimestre do ano passado, o PIB cresceu 4,0%.

No acumulado do ano até o mês de setembro, o PIB brasileiro apresenta avanço de 5,7% em relação a igual período de 2020.

PEC dos precatórios avança

As ações do Ibovespa ampliaram as altas na tarde de hoje após o Senado aprovar em segundo turno a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 23/2021, que autoriza o governo a adiar o pagamento de precatórios (dívidas judiciais transitadas em julgado), abrindo espaço no orçamento para o pagamento de um novo benefício de R$ 400 mensais para famílias carentes em 2022. Até a decisão definitiva do Congresso, o mercado acompanha esse assunto com atenção, porque uma rejeição da PEC poderia fazer o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criar tal espaço na canetada, desobedecendo às melhores práticas de administração do orçamento do país. Como a proposta avançou no Legislativo, essa hipótese parece um pouco mais improvável, daí a animação que se seguiu na Bolsa.


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 19.maio.2022 às 13h41
Bolsas americanas perdem US$ 1,5 tri em um dia, e índices operam em queda nesta quinta

Temor de inflação global maior e recessão nos EUA leva nervosismo aos mercados. Na Europa, pregões operam em queda de mais de 2%

Redação IF Publicado em 19.maio.2022 às 10h53
Como o trabalhador poderá usar o FGTS para comprar ações da Eletrobras

Tipo de investimento já foi feito anteriormente em vendas de ações da Petrobras e da Vale

Redação IF Atualizado em 19.maio.2022 às 09h39
Bolsas europeias caem mais de 2% e futuros de NY sinalizam continuidade das perdas

Clima de cautela prevalece nos negócios em meio às preocupações com o impacto da inflação elevada no crescimento econômico global

Valor Econômico Atualizado em 19.maio.2022 às 08h39
Cenário global desperta interesse por Brasil, diz executivo da bolsa de Nova York

Chefe de mercados internacionais da bolsa de Nova York aponta que ADRs brasileiros são um dos ativos mais líquidos no mercado americano atualmente