Como a baixa produção de veículos no Brasil pode afetar o desempenho das locadoras?

Credit Suisse avalia o impacto nos resultados das companhias do setor no primeiro trimestre

Foto: Divulgação/CAOA

A baixa produção de veículos no Brasil durante o primeiro trimestre deve afetar os resultados de Localiza, Unidas e Movida, diz o Credit Suisse. No entanto, a continuidade no bom desempenho da unidade de seminovos deve sustentar margens no período, comenta o banco.

Os analistas Regis Cardoso, Henrique Simões e Alejandro Zamacona escrevem que as empresas do setor de locação de veículos devem ter melhora nos volumes, em decorrência de veículos comprados no fim do ano passado, o que impulsionou o crescimento das frotas nos resultados dos últimos três meses do ano.

No primeiro trimestre, o banco suíço estima que a Localiza vai apresentar Ebitda de R$ 1,1 bilhão e lucro líquido de R$ 465 milhões. Já Unidas deve ter Ebitda de R$ 731 milhões e lucro líquido de R$ 198 milhões. Movida, por sua vez, deve ter Ebitda de R$ 854 milhoes e lucro líquido de R$ 250 milhões.

As três companhias devem sentir melhora nas tarifas e nas diárias, em maior ou menor grau, tanto no segmento de aluguel de veículos quanto em gestão de frotas, com a Movida sendo o destaque do período, conseguindo aumentar sua frota em cinco mil veículos.

O Credit Suisse tem recomendações de compra para Localiza e Unidas, com preços-alvos em R$ 74 e R$ 33, respectivamente, potenciais de alta de 27,2% e 28,6% sobre os fechamentos da última quarta-feira. Já Movida tem recomendação neutra, com preço-alvo em R$ 21, potencial de alta de 10%.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 19.maio.2022 às 12h37
Dólar opera em queda, abaixo dos R$ 4,95, de olho no exterior

O movimento reflete o enfraquecimento da moeda americana frente outras divisas emergentes

1 min
Redação IF Publicado em 19.maio.2022 às 11h27
Ibovespa sobe com ajuda de Vale e siderúrgicas

Mercado acionário doméstico resiste a nova abertura negativa em NY

2 min
Redação IF Publicado em 19.maio.2022 às 10h53
Como o trabalhador poderá usar o FGTS para comprar ações da Eletrobras

Tipo de investimento já foi feito anteriormente em vendas de ações da Petrobras e da Vale

3 min
Manhã Inteligente Publicado em 19.maio.2022 às 10h26
Guerra na Ucrânia, queda das ações da Amazon, Madonna e NFTs

Isabella Carvalho e Ítalo Martinelli falam sobre os assuntos que podem afetar seus investimentos nesta quinta (19)

Redação IF Atualizado em 19.maio.2022 às 09h39
Bolsas europeias caem mais de 2% e futuros de NY sinalizam continuidade das perdas

Clima de cautela prevalece nos negócios em meio às preocupações com o impacto da inflação elevada no crescimento econômico global

3 min
Redação IF Publicado em 19.maio.2022 às 09h06
IGP-M desacelera para 0,39% na segunda prévia de maio, aponta FGV

Houve recuos nos preços ao produtor, ao consumidor e nos custos da construção

1 min
Valor Econômico Atualizado em 19.maio.2022 às 08h39
Cenário global desperta interesse por Brasil, diz executivo da bolsa de Nova York

Chefe de mercados internacionais da bolsa de Nova York aponta que ADRs brasileiros são um dos ativos mais líquidos no mercado americano atualmente

4 min