Análise: a Tesla pode se beneficiar da venda do Twitter para Elon Musk?

Os investidores podem ter ficado preocupados com a possibilidade de Musk vender ações para financiar sua compra

Foto: Pixabay

Wall Street está surpreendentemente otimista sobre como o Twitter de Elon Musk pode afetar a Tesla. Analistas e investidores ainda veem algumas maneiras nas quais isso pode ajudar a empresa.

As ações da Tesla caíram logo após o Twitter dizer ontem que aceitou a oferta de compra de US$ 44 bilhões do diretor-presidente da Tesla. Os investidores podem ter ficado preocupados com a possibilidade bastante remota de Musk vender ações para financiar sua compra. O fato de Musk querer consertar o Twitter mesmo enquanto administra Tesla, SpaceX, The Boring Company e Neuralink parece ser outra preocupação em potencial.

Mas quando a revista “Barron’s” perguntou a alguns analistas e investidores sobre a questão da distração na noite de ontem, ninguém ficou tão preocupado. Musk comprando o Twitter foi chamado de distração “na pior das hipóteses”; a maioria das pessoas que contatadas apontou que Musk tem um longo histórico de fazer malabarismos com vários projetos com sucesso.

Houve algumas tomadas mais positivas. Primeiro, há o relacionamento de Tesla com a mídia. A Tesla é famosa por sua falta de publicidade e esforços de relações públicas. Não se pode dizer que a falta de um ou outro tenha prejudicado a empresa ou suas ações. A Tesla é a empresa de automóveis mais valiosa do mundo por uma margem enorme. Sua marca como fabricante de veículos elétricos é tão forte que a empresa viu um aumento de pedidos após o recente Super Bowl, onde outras montadoras estavam anunciando fortemente seus veículos elétricos.

Ainda assim, a Tesla poderia passar algum tempo falando mais sobre segurança veicular ou qualquer outra coisa que possa acreditar que pode ajudar sua marca. É possível que a propriedade do Twitter de Musk possa facilitar isso.

E a longo prazo, menos de Musk pode ser uma coisa boa para a Tesla. Isso não porque Musk é um problema, mas porque um dia a Tesla precisará aprender a viver sem ele, ou com menos dele. Musk fazendo outras coisas poderia ajudar a acelerar o surgimento de outros executivos que poderiam assumir funções maiores na empresa no futuro.

As ações da Tesla operam em queda mais de 6% na Nasdaq, cotadas a US$ 934,14. Ainda não há efeito positivo do Twitter sobre as ações.

Isso é um sinal de que a visão de que o Twitter é bom para a Tesla pode ser um pouco otimista demais. Provavelmente levará algum tempo para que a maioria dos investidores se convença de que a entrada do Twitter na carteira de Musk é boa para sua fabricante de veículos.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 08h16
Bolsas asiáticas fecham em alta após China cortar taxa de juros

Mesmo assim, os investidores seguem atentos à perspectiva de aumento dos juros nos EUA

3 min
Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 08h09
Fundos de ações de Petrobras e Vale renderam até 25 vezes mais que o FGTS desde o lançamento

Trabalhador poderá usar dinheiro do fundo de garantia para comprar ações da Eletrobras

2 min
íon Itaú Atualizado em 20.maio.2022 às 07h15
O que explica o bom desempenho dos fundos multimercados desde o início de 2022?

Mesmo com o cenário de alta volatilidade e incerteza na economia global, o primeiro quadrimestre registrou o melhor início de ano para esta classe desde 2009

3 min
Glossário IF Publicado em 19.maio.2022 às 17h57 Duração 3 min.
O que é a Anbima?

Essa organização representa bancos, gestoras, corretoras, distribuidoras e administradoras

Redação IF Atualizado em 19.maio.2022 às 17h39
Juros futuros fecham em forte queda, com expectativas de inflação no foco

Mercado vê que a inflação pode ser impactada por possível alíquota máxima de 17% do ICMS cobrado sobre energia, telecomunicações, combustíveis e energia

1 min