Dólar vai a R$ 5,04 após PIB dos EUA abaixo do esperado

Os mercados globais seguem guiados pelas apostas de uma alta mais agressiva dos juros nos EUA e por preocupações com os impactos da guerra na Ucrânia

O dólar comercial opera em forte alta na manhã desta quinta-feira, acima dos R$ 5,00, chegando a superar R$ 5,04 nas máximas, na esteira da valorização da moeda americana no exterior. Investidores reagem aos dados do , divulgados mais cedo, que vieram abaixo do esperado.

Por volta das 12h, a moeda era negociada a R$ 5,0230, subindo 1,12% no mercado a vista. Na máxima do dia, alcançada pouco antes, chegou a R$ 4,0445. O dólar futuro para maio subia 1,11%, para R$ 5,0235.

Lá fora, o índice DXY, que mede o desempenho do dólar contra uma cesta de seis divisas fortes no exterior, operava em alta de 0,85%, aos 103,81 pontos. Indo nessa linha, o dólar também subia entre outras moedas emergentes, disparando 1,70% contra o rand sul-africano, avançando 1,51% cante o peso chileno e subindo 0,77% na comparação com o peso mexicano.

“O dado do PIB abaixo do esperado na margem anualizada eleva as preocupações com uma desaceleração econômica mundial”, disse Luciano Rostagno, estrategista-chefe do Banco Mizuho do Brasil. O estrategista pontua que a preocupação se soma aos temores recentes diante de novos lockdowns na China por conta do avanço da covid-19. “Esse conjunto de fatores está trazendo a apreciação do dólar no mercado internacional e o real está sendo impactado.”

O PIB dos Estados Unidos no primeiro trimestre de 2022 caiu 1,4% na primeira leitura feita pelo Departamento de Comércio dos EUA. O PIB do quarto trimestre de 2021 ficou em 6,9%. O número ficou abaixo da projeção de alta de 1% feita por economistas consultados pelo “The Wall Street Journal”. A queda do indicador reflete uma retração nos investimentos em estoques privados, exportações, gastos do governo federal e dos governos locais, e um aumento das importações.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 20.maio.2022 às 17h58
Dólar tem queda de 0,89% com corte de juros na China e acumula baixa de 3,64% na semana

O real seguiu o movimento das moedas de países emergentes nesta sexta (20)

Redação IF Atualizado em 19.maio.2022 às 16h01
Dólar comercial renova mínima com fraqueza da moeda no exterior

O movimento reflete o enfraquecimento da moeda americana frente outras divisas emergentes

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 17h32
Dólar fecha em queda de 2,14%, a R$ 4,9419, com exterior positivo

A redução das medidas de restrição na China favoreceu a das commodities e beneficiou moedas de países exportadores

Redação IF Publicado em 16.maio.2022 às 17h38
Em sessão volátil, dólar fecha em queda de 0,14%, a R$ 5,05

O movimento acompanhou o enfraquecimento da moeda americana no mercado externo