Bolsas norte-americanas devem terminar o ano em alta; Nasdaq tem o melhor desempenho em 20 anos

Dow Jones e S&P têm alta de 13,8% e 24,6%, respectivamente; Nasdaq tem a melhor valorização desde 2003

Faltando apenas um dia de negociação para 2023, todas as principais médias estão a caminho de encerrar o ano com ganhos. Assim, Dow Jones e S&P devem terminar em alta de quase 13,8% e 24,6%, respectivamente. Enquanto isso, a bolsa das empresas de tecnologia Nasdaq está a caminho de seu melhor ano desde 2003, subindo 44,2%. O desempenho do índice de tecnologia foi impulsionado pelo fenômeno da inteligência artificial e por uma recuperação entre os nomes das big-tech após um ano de 2022 onde sofreram bastante.

Os três principais índices também devem atingir a nona semana consecutiva de vitórias. Isso sublinha a recuperação do mercado no final de 2023, recuperando de um terceiro trimestre negativo. O S&P subiu 11,6% no trimestre e rumou para seu melhor desempenho trimestral em três anos.

Boeing (BA)

As ações da Boeing caíram menos de 1% depois que a empresa aeroespacial e de defesa instou as companhias aéreas a inspecionar seus aviões 737 MAX mais recentes em busca de um possível parafuso solto no sistema de controle do leme, disse a Administração Federal de Aviação na quinta-feira. A Boeing recomendou essas inspeções depois que um operador internacional descobriu um parafuso com uma porca faltando e a empresa encontrou outra aeronave não entregue com uma porca solta.

The New York Times Company (NYT)

As ações do grupo de comunicação subiram 2,4% dando continuidade ao movimento de quarta-feira, um dia depois que a empresa de mídia entrou com uma ação judicial contra a Microsoft e a OpenAI, fabricante do ChatGPT, acusando as empresas de tecnologia de violação de direitos autorais e de uso da propriedade intelectual do jornal sem permissão para treinar chatbots.

Regeneron Pharmaceuticals (REGN)

As ações da empresa de biotecnologia subiram menos de 1%, somando-se aos ganhos de quarta-feira. As medidas seguem um julgamento a favor da Regeneron em um processo de patente na Virgínia Ocidental contra Mylan.

NeoGenomics (NEO)

As ações da empresa de testes oncológicos caíram 18% depois que um tribunal emitiu uma liminar proibindo a empresa de “fabricar, usar, vender ou colocar à venda nos Estados Unidos” sua tecnologia RaDaR. A empresa disse que iria recorrer da liminar.

Grand Canyon Education (LOPE)

As ações da empresa de serviços educacionais caíram mais de 6% depois que a Federal Trade Commission entrou com uma ação judicial, acusando a Grand Canyon Education de publicidade enganosa e ilegal e práticas de telemarketing.

Penn Entertainment (PENN)

A operadora de cassino subiu mais de 6% depois que a Vora Capital Management apresentou um 13D em uma tentativa de designar diretores para o conselho da Penn.

Coherus BioSciences (CHRS)

As ações da indústria biofarmacêutica dispararam 20,45%, somando-se aos mais de 23% do pregão de quarta-feira. Coherus recebeu um impulso depois que a Food and Drug Administration dos EUA aprovou seu sistema de injeção corporal Udenyca Onbody, que pacientes de quimioterapia podem tomar para prevenir infecções.

JD.com (JD)

As ações negociadas nos EUA da empresa chinesa de comércio eletrônico subiram 2,7% na quinta-feira. Os ganhos ocorreram após uma reportagem da Bloomberg News na noite de quarta-feira de que a JD.com está se preparando para aumentar os salários de seus trabalhadores da linha de frente.

Com informações da Avenue