Ações da Apple (AAPL) caem 1,2% depois que a empresa ofereceu descontos em vários produtos na China

Mercados americanos fecharam em queda na terça-feira

Os mercados americanos fecharam em queda na terça-feira (16), à medida que os rendimentos dos títulos subiam e Wall Street se debruçava sobre os resultados corporativos do quarto trimestre. Entre os destaques negativos, as ações da Apple (AAPL) caíram 1,2% depois que a empresa ofereceu descontos em vários produtos na China. Esse movimento é altamente incomum para a gigante da tecnologia.

O Dow Jones caiu 0,62%, para fechar em 37.361,12, enquanto o S&P 500 teve baixa de 0,37%, para 4.765,98. Por fim, o Nasdaq caiu 0,19%, para 14.944,35.

O rendimento do Tesouro de 10 anos subiu mais de 11 pontos-base, para 4,064%, depois que o membro do Federal Reserve Christopher Waller indicou em um discurso que o banco central pode aliviar a política monetária mais lentamente do que Wall Street havia previsto.

Aproximadamente 30 empresas do S&P 500 divulgaram resultados do calendário do quarto trimestre até agora. Destes, 78% superaram as expectativas de lucros.

Confira abaixo os destaques da corretora Avenue:

Apple (AAPL)

As ações caíram 1,2% depois que a empresa ofereceu descontos em vários produtos na China, um movimento altamente incomum para a gigante da tecnologia. Os produtos em desconto incluem sua nova linha iPhone 15. A companhia vale cerca de US$ 2,8 trilhões.

Synopsys (SNPS), Ansys (ANSS)

As ações da empresa de design e software de semicondutores Synopsys subiram mais de 3%, enquanto as ações da Ansys mais de 5% depois que a Synopsys disse que iria adquirir a Ansys em um negócio de cerca de US$ 35 bilhões em dinheiro e ações.

Applied Digital (APLD)

As ações da empresa de datacenter caíram mais de 26% depois que os resultados do segundo trimestre não atingiram os resultados financeiros e a empresa reduziu sua previsão. A companhia vale cerca de US$ 587 milhões.

Carrols Restaurant (TAST)

As ações do Carrols Restaurant Group, o maior franqueado do Burger King nos EUA, subiram mais de 12% depois que a empresa concordou em ser comprada pela Restaurant Brands International. A Restaurant Brands, controladora do Burger King, pagará cerca de US$ 1 bilhão. As ações da Restaurant Brands caíram mais de 3%. A companhia vale cerca de US$ 516 milhões.

Goldman Sachs (GS)

O Goldman Sachs reportou nesta terça-feira (16), antes da abertura do mercado, números melhores que o mercado esperava e suas ações repercutem positivamente a isso.

Números Gerais:

  • Receitas: US$ 11,32 bilhões vs. US$ 10,83 bilhões esperados pelos analistas.
  • Lucro por Ação ajustado: US$ 5,48 vs. US$ 3,51 estimado.
  • O Goldman Sachs possui um valor de mercado de aproximadamente US$ 125 bilhões, P/E (price/earnings) de 18,45, um dividend yield de 2,88% e no ano as suas ações caem 2,05% em 2024.

Morgan Stanley (MS)

O Morgan Stanley reportou na terça-feira (16), antes da abertura do mercado, seus resultados corporativos. Os números vieram mistos em relação às expectativas de Wall Street, com as ações do banco reagindo de forma negativa.

Números Gerais:

  • Receitas: US$ 12,9 bilhões vs. US$ 12,79 bilhões esperado pelos analistas.
  • Lucro por Ação: US$ 0,85 ajustado vs. US$ 1,08 estimado.
  • O Morgan Stanley possui um valor de mercado de cerca de cerca de US$ 142 bilhões, P/E (price/earnings) de 15,5, um dividend yield de 3,92% e no ano as suas ações caem cerca de 7%.

Com informações da Avenue