Sérgio Rial renuncia à presidência do conselho de administração do Santander Brasil

A saída inesperada acontece após o imbróglio na Americanas, onde o executivo ficou por nove dias como CEO

O Santander Brasil informou que Sérgio Rial renunciou como membro do conselho de administração do banco. Ele presidia o colegiado. A saída inesperada acontece após o imbróglio na Americanas, onde o executivo ficou por nove dias como CEO e saiu após anunciar um rombo de R$ 20 bilhões no balanço.

Segundo o Santander, conforme as regras do seu estatuto, Deborah Stern Vieitas, vice-presidente do conselho, assumirá suas funções até a data da próxima Assembleia Geral Ordinária da Companhia, agendada para 28 de abril.

Rial comandou o Santander por quase seis anos e deixou o cargo de CEO no início de 2022, mas continuava como presidente do conselho.