Veja as falas de Lula contra a Eletrobras (ELET3; ELET6); ações fecham em forte queda

A Petrobras também foi alvo de reclamações do presidente da República

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira (21) que a privatização da Eletrobras foi uma “loucura”, “feita para proibir a gente tomar ela de volta” e que pretende entrar com ação na Justiça para retomar a empresa.

“O que foi feito na Eletrobras foi um crime. Você utilizou o dinheiro da privatização para fazer o que?”, disse Lula em entrevista à TV 247. “Não existe sinas de que vai baixar o preço da energia. Eles fizeram uma loucura”, disse o presidente. Ele espera que o governo volte a ser dono da maior companhia de energia do país.

Na sessão desta terça da B3, as ações ordinárias da Eletrobras (ELET3) fecharam em queda de 3,48%, enquanto preferenciais (ELET6) recuaram 3,37%.

Já sobre a Petrobras, Lula disse que determinou ao presidente da companhia, Jean Paul Prates, a suspensão de todas as vendas de ativos da empresa.

“A Petrobras, a gente já avisou para o presidente dela, o companheiro Jean Paul, que é preciso suspender todas as vendas de ativos. Não tem condições de continuar vendendo”, disse. Na sequência, o presidente ressaltou que as questões seriam resolvidas no campo da política.

“Obviamente que as pessoas já tinham feito contrato com algumas coisas. Tudo isso tem uma briga jurídica que a gente quer resolver e vamos resolver na política e não na jurídica”, ressaltou.

Lula destacou que o governo precisa fazer com que a Petrobras volte a ser uma grande empresa de investimento. “A Petrobras não foi feita para exportar óleo cru, a Petrobras não é apenas empresa de petróleo, é empresa de energia, tem que estar preocupada com gás, diesel, biodiesel”, finalizou.

Os comentários do petista eram ofuscados pela alta do petróleo no mercado internacional. Assim, as ações ordinárias (PETR3) subiam 2,64%. Enquanto os papéis preferenciais avançavam 2,18%.