Tebet leva presidente do Ipea a reunião com Haddad após estudo do instituto apontar IVA de 28%

Instituto é subordinado ao ministério do Planejamento

A ministra do Planejamento, Simone Tebet, disse que apresentou a pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) que apontava uma alíquota de 28% para o Imposto sobre Valor Agregado (IVA), que será criado com a reforma tributária, ao ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Ela estava acompanhada da presidente do Ipea, Luciana Servo.

O Ipea é subordinado ao ministério do Planejamento. Na segunda-feira, Haddad afirmou que o estudo não levou em consideração uma série de fatores ao cravar que a futura alíquota será a mais alta do mundo, mas elogiou o alerta feito para a quantidade de exceções. Ele disse também que o assunto seria tratado em reuniões.

Assunto não foi o tema principal do encontro

De acordo com Tebet, a apresentação do estudo não foi o tema principal do encontro. “Nós mostramos o estudo extremamente positivo e todos os gráficos que a imprensa não divulgou. Mostramos que mesmo com as exceções nós temos um crescimento do PIB de pelo menos 0,5% ao ano a partir de 2026”, disse.

Sobre a presença de Luciana Servo, ela disse que a Pasta estava se antecipando a uma demanda do segundo semestre que será a análise de políticas públicas e que a presidente do Ipea participou da reunião como integrante do conselho que monitorará essas políticas.

Ela reiterou que esse é um debate sobre a qualidade do gasto e que visa buscar eficiência das políticas públicas.

Com informações do Estadão Conteúdo