Petz (PETZ3) nega acordo de fusão com Cobasi

Apesar disso, companhia indicou que segue avaliando potenciais oportunidades de aquisição

A Petz (PETZ3) informou nesta segunda-feira (28) que não há qualquer documento celebrado no momento no sentido de uma fusão com a Cobasi.

A companhia divulgou fato relevante repercutindo notícia do jornal Valor Econômico de que as duas maiores empresas do mercado de pets do Brasil teriam retomado conversas para uma possível combinação de negócios.

“A esse respeito, a companhia esclarece que, no curso normal de suas atividades, continuamente avalia e explora potenciais oportunidades de aquisições e combinações de negócios, incluindo com outros estratégicos do setor”, diz o comunicado.

“Porém, até esta data, não existe qualquer documento, seja preliminar, definitivo ou outro documento vinculante, celebrado nesse sentido com a Cobasi”, indica a Petz.

As ações da Petz negociadas na B3 fecharam o pregão em queda de 0,19%. O Ibovespa, principal índice de referência da bolsa brasileira, subiu 1,11%.