Rumo ao clube do trilhão, Nvidia (NVDA34) fecha acordo para criar conteúdo com IA em vídeo para publicidade

Após disparar 25% na semana passada, a Nvidia integrou o seleto grupo de empresas com valor de mercado acima de US$ 1 trilhão

A holding de publicidade britânica WPP está se unindo à gigante americana de chips Nvidia para desenvolver uma ferramenta de conteúdo que usa inteligência artificial (IA) generativa para publicidade digital, informaram as empresas nesta segunda-feira (29).

A empresa fechou o pregão da sexta com alta de 2,54%, com papéis cotados a US$ 389,46. O BDR da empresa, comercializado na B3, avançou 2,78%, cotado a R$ 41,47.

Parceria entre WPP e Nvidia

WPP e Nvidia disseram que, ao integrar recursos 3D com IA generativa, a ferramenta permitirá que equipes de criação produzam mais rápido conteúdo comercial, como imagens ou vídeos.

A ferramenta é baseada na plataforma Omniverse Cloud da Nvidia, segundo as empresas.

Os detalhes financeiros da parceria não foram divulgados.

As informações são do Dow Jones Newswires.

Clube do trilhão

Após disparar 25% na semana passada, a Nvidia integrou o seleto grupo de empresas com valor de mercado acima de US$ 1 trilhão.

Apesar de ter alcançado o patamar, a empresa não sustentou a posição e fechou a sessão em Nova York abaixo da marca, valendo US$ 963,18 bilhões.

Promessas para depois do feriado

Nesta segunda, as bolsas americanas não funcionam por conta do feriado do Memorial Day, voltado para a celebração dos militares americanos mortos em combate.

A expectativa é que, impulsionada pela novidade, a empresa rompa de uma vez a barreira do trilhão na terça-feira e se mantenha por lá.

Confira todas as empresas que compõem o clube do trilhão, segundo levantamento do O Globo do dia 25 de maio.

  • Apple: US$ 2,986 trilhões
  • Microsoft: US$ 2,576 trilhões
  • Aramco (estatal saudita de petróleo): US$ 2,492 trilhões
  • Alphabet (holding da Google): US$ 1,995 trilhão
  • Amazon: US$ 1,882 trilhão
  • Tesla (fábrica de carro elétrico do bilionário Elon Musk): US$ 1,235 trilhão
  • Meta (dona de Facebook, Instagram e WhatsApp): US$ 1,078 trilhão
  • PetroChina (estatal chinesa de petróleo): US$ 1,004 trilhão