Nubank (ROXO34) lança conta digital e Caixinhas na Colômbia

Assim como no Brasil, não haverá tarifas para os correntistas colombianos do Nubank. Os recursos depositados devem ter rendimento anual efetivo de 13%

O Nubank (ROXO34) lançou a conta digital na Colômbia, dando mais um passo para expandir operações no país. A fintech abriu uma lista de espera em que os interessados em abrir a conta podem se inscrever.

Assim como no Brasil, não haverá tarifas. Os recursos depositados devem ter rendimento anual efetivo de 13%. Apenas com o cartão de crédito, o Nubank atingiu 800 mil clientes até setembro de 2023.

Além da conta, serão lançadas as Caixinhas (ou Cajitas, em espanhol), recurso que permite que o cliente separe o dinheiro em pastas, cada uma com um objetivo de uso. O retorno anual efetivo também é de 13%, e o cliente pode sacar os recursos quando quiser.

O Nubank afirma deter quase 5% do mercado colombiano, com cerca de 800 mil clientes no cartão de crédito. A fintech acredita que a conta digital deve acelerar o crescimento, ampliando o número de serviços disponíveis aos clientes.

Um estudo da empresa aponta que mais de 50% dos colombianos encontram barreiras para economizar com os produtos que existem no país, seja pelo baixo rendimento ou por outros custos.

“A Cuenta Nu nos permitirá ajudar todos os colombianos a aumentar suas economias para que possam atingir suas metas financeiras, por meio de um produto inovador projetado para atender às suas dores e desejos”, afirma a gerente geral da fintech na Colômbia, Marcela Torres.

“A Cuenta Nu é um passo importante que nos permitirá continuar expandindo nossa base de clientes na Colômbia, onde delineamos um plano de crescimento ambicioso para os próximos dois anos com o objetivo de nos tornarmos o relacionamento bancário principal de nossos usuários. Hoje, 1 em cada 2 adultos no Brasil já são clientes do Nu, e esperamos replicar esse marco na Colômbia em breve”, disse a cofundadora do Nubank, Cristina Junqueira.

Além da conta, a empresa lançará um cartão de débito na Colômbia. No início deste mês, o Nubank recebeu licença para operar como financeira, o que permite a oferta de produtos de poupança.

Com informações do Estadão Conteúdo