Morning call: a bolsa está em um bom momento, mas vai continuar assim?

Ibovespa registra alta de 0,93% na sessão passada e sobe mais de 2% no mês

A bolsa de valores experimentou ontem mais um dia de alta. Neste morning call mostramos que o Ibovespa registrou crescimento de 0,93%, a 117.968,12 pontos. Assim, é importante lembrar, a bolsa já avança quase 2% no mês e tem alta acumulada de mais de 7% no ano.

Este morning call mostra também que o principal índice a ser divulgado nesta quarta-feira (13) será o índice de preços ao consumidor de agosto nos Estados Unidos – ele é conhecido como CPI e será apresentado a partir das 9h30.

Em julho, a taxa fechou 12 meses em 3,2%. E o índice é importante pois também baliza as próximas decisões a respeito da política monetária no país, além disso, o número é aguardado por mercados em todo o mundo.

Também costuma influenciar por aqui, este morning call lembra, o desempenho das bolsas na Ásia. Mostramos abaixo como foi o fechamento das bolsas por lá

Bolsas da Ásia

As bolsas asiáticas fecharam em baixa nesta quarta-feira após uma queda em ações de tecnologia derrubar os mercados acionários de Nova York, ontem, e antes da divulgação de uma pesquisa crucial sobre a inflação nos EUA.

O índice japonês Nikkei caiu 0,21% em Tóquio, a 32.706,52 pontos, o Hang Seng teve perda marginal de 0,09% em Hong Kong, a 18.009,22 pontos, e o sul-coreano Kospi também apresentou ligeira baixa em Seul, de 0,07%, a 2.534,70 pontos.

Na China continental, o dia foi igualmente negativo, à medida que investidores locais aguardam mais estímulos de Pequim ou sinais de recuperação econômica. O Xangai Composto recuou 0,45%, a 3.123,07 pontos, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto caiu 1,12%, a 1.929,45 pontos.

Exceção na Ásia, o Taiex assegurou ligeiro ganho de 0,05% hoje, encerrando o pregão em 16.581,51 pontos.

Na terça-feira, as bolsas de Nova York tiveram perdas generalizadas lideradas pelo setor de tecnologia. Nas próximas horas, as atenções vão se voltar para novos dados de inflação ao consumidor (CPI) dos EUA, que serão fundamentais para a decisão de juros do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), na próxima semana.

E na Oceania?

Na Oceania, a bolsa australiana também ficou no vermelho, com ações de tecnologia acompanhando a fraqueza vista em Wall Street.

O S&P/ASX 200 teve queda de 0,74% em Sydney, a 7.153,90 pontos.

Com informações da Dow Jones Newswires e Estadão Conteúdo