Ibovespa entra em zona de alerta; confira relatório grafista do Itaú BBA sobre a bolsa

É assim que se inicia relatório do Itaú BBA, com base em análise gráfica, divulgado nesta terça-feira

O Ibovespa entrou em zona de alerta no último pregão.

É assim que se inicia relatório do Itaú BBA, com base em análise gráfica, divulgado nesta terça-feira (12). Antes da abertura da bolsa de valores.

Vale lembrar que a bolsa de valores encerrou o pregão de ontem em baixa de 0,75%, aos 126.123,56 pontos.

“O Ibovespa, por mais um dia, fechou em queda e entrou na zona de alerta no último pregão, entre o suporte em 126.400 pontos e 124.800 pontos”, descreve o relatório.

“Importante destacar que se for perdida essa região, podemos dar início à primeira tendência de baixa de curto prazo em 2024”, continua o documento.

Ibovespa: foco continua a ser 150 mil pontos

Assim, o relatório busca enxergar pontos positivos no momento. O copo meio cheio, de acordo com Fábio Perina e equipe, está no fato de que uma parte dos índices setoriais da B3 conseguiu se manter próximo das resistências.

Dessa maneira, o relatório conclui: “O índice descolou um pouco dos índices setoriais no último pregão. Em um possível cenário de melhora para esta semana, podemos observar algumas ações dando ponto de compra, enquanto o Ibovespa segue travado no intervalo 131.700 e 124.800 pontos”.

Dessa forma, Perina e equipe seguem indicando que sob uma visão de médio prazo, enquanto o índice se mantiver acima da média móvel de 200 períodos, o grande alvo a ser perseguido neste ano continua a ser 150 mil pontos.