Payroll: EUA criam 339 mil empregos em maio, acima do esperado

Já a taxa de desemprego subiu a 3,7%, pior que as expectativas do mercado

A economia dos Estados Unidos gerou 339 mil empregos em maio, informou nesta sexta-feira (2) o Departamento do Trabalho, em publicação do relatório de empregos (payroll) do mês passado. O resultado veio acima da mediana das expectativas dos analistas consultados pelo Projeções Broadcast, de 200 mil.

Já a taxa de desemprego subiu de 3,5% em abril para 3,7% em maio, ante projeção de queda a 3,4% dos analistas.

O salário médio por hora teve crescimento de 0,3% em maio, na comparação com abril, em linha com a projeção de analistas. Já na comparação anual, o crescimento foi de alta de 4,3%, ante previsão de alta de 4,4%. A taxa de participação da força de trabalho permaneceu a 62,6% em maio ante abril.

O Departamento do Trabalho ainda revisou a criação de empregos em meses anteriores. Em abril, o número foi revisado de 253 mil a 294 mil vagas geradas, enquanto em março, ele mudou de 165 mil a 217 mil.