Bolsas da Ásia fecham sem direção em sessão cautelosa com Fed e BCE no radar

A temporada de balanços segue influenciando o mercado, com destaque para os resultados do segmento de tecnologia

As bolsas da Ásia fecharam sem direção única nesta segunda-feira, com as bolsas de Tóquio e Xangai registrando valorização e Seul e Hong Kong contabilizando forte retração, em sessão marcada pela cautela dos investidores antes da reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed), na quarta-feira, e do Banco Central Europeu (BCE) na quinta-feira. A temporada de balanços segue influenciando o mercado, com destaque para os resultados do segmento de tecnologia.

Em Tóquio, o índice Nikkei encerrou a sessão com alta de 0,19%, a 27.433,40 pontos, com o setor de transportes e o segmento de tecnologia liderando os ganhos da sessão.

A SG Holdings e a Shin-Etsu Chemical subiram 4,9% cada uma, enquanto a Fanuc subiu 3,35% depois de elevar sua receita do ano fiscal e as expectativas de lucro líquido após o fechamento do mercado na sexta-feira. Enquanto isso, Shionogi & Co. fechou com queda de 0,1%, mesmo depois de relatar um forte aumento na receita e no lucro líquido do terceiro trimestre.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi fechou a sessão com queda de 1,35%, a 2.450,47 pontos, quebrando uma sequência de cinco sessões consecutivas em alta. As ações do setor de tecnologia e transporte registraram queda durante o dia. Os investidores estão cautelosos antes das reuniões de política monetária do BCE, na quarta-feira, e do Fed, na quinta-feira.

A companhia do setor de semicondutores SK Hynix teve queda de 0,9% e a montadora Hyundai Motor caiu 2,1%. As companhias de navegação HMM e Pan Ocean recuaram 5,2% e 4,1%, respectivamente.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng registrou forte retração de 2,73%, a 22.069,73 pontos, com o setor de tecnologia liderando as perdas. A Alibaba registrou queda de 8,0% e a Tencent Holdings caiu 6,7%.

Na leitura do analista Stephen Innes, da SPI Asset Management, os investidores estão voltados para a reunião de política monetária do Fed.

Na China continental, o índice Xangai Composto fechou com alta de 0,14%, a 3.269,3180 pontos, no primeiro pregão após as festividades do feriado do Ano Novo Lunar, com o sentimento do investidor impulsionado por dados robustos de consumo durante o feriado, bem como fortes expectativas para a recuperação econômica da China em 2023.

As montadoras e seus fornecedores superaram mercado, após notícias de vendas sólidas de veículos de energia renovável durante o feriado do Ano Novo Lunar. A BYD Co. subiu 4,4%, a fabricante de baterias Contemporary Amperex Technology Ltd. teve alta de 4,1%. Já a Ganfeng Lithium subiu 1,3%.