Corretora Binance lança cartão pré-pago de moeda virtual com selo Mastercard

Cartão aceita 13 criptomoedas e permite realizar saques em caixas eletrônicos

A Binance, que é uma corretora (exchange) de criptomoedas, colocou no mercado, em fase de teste, um cartão pré-pago no Brasil.

Segundo a Binance, o produto permite fazer pagamentos com criptos nos 90 milhões de estabelecimentos que aceitam Mastercard no mundo.

O valor é convertido automaticamente, sempre de acordo com a cotação da hora do pagamento. A troca é feita em bitcoin (BTC) e outras 12 criptomoedas (BNB Chain (BNB), BUSD, USDT, Ethereum (ETH), Cardano (ADA), Polkadot (DOT), Solana (SOL), Shiba Inu (SHIB), XRP, Polygon (MATIC) e Chainlink (LINK), e fan token do Santos).

Por que a Binance lançou o cartão?

A ideia da corretora é estar mais presente no Brasil, que é o 10º maior mercado da Binance no mundo.

A empresa já lançou o cartão na Argentina em agosto do ano passado.

Um estudo da Mastercard realizado no ano passado mostra que o Brasil é um dos países com o maior interesse em criptoativos em todo o mundo.

No levantamento, metade dos consumidores brasileiros afirmaram terem feito pelo menos uma operação com cripto nos últimos 12 meses, contra uma média global de 41%.

Como funciona o cartão da Binance?

O cartão Binance Card cobra taxa de 0,9% por pagamento com cripto.

O produto oferece até 8% em cashback na forma de criptomoedas.

Ele permite ainda realizar saques sem taxas em caixas eletrônicos.

As transações e as criptomoedas disponíveis para gasto no cartão podem ser geridos pelo app da corretora.