Citi eleva preço-alvo da Direcional de R$ 13 para R$ 18 e reitera recomendação de compra

Direcional tem sido uma das empresas voltadas para baixa renda mais resiliente durante o recente aumento da inflação, dizem analistas

Citi elevou o preço-alvo para os papéis da Direcional de R$ 13 para R$ 18 e reiterou a recomendação de compra para os ativos. O novo valor representa uma valorização potencial de 26,7% sobre o último fechamento

Citi elevou o preço-alvo para os papéis da Direcional de R$ 13 para R$ 18 e reiterou a recomendação de compra para os ativos. O novo valor representa uma valorização potencial de 26,7% sobre o último fechamento.

Os analistas André Mazini, Renata Cabral e Hugo Grassi Soares afirmam que a Direcional tem sido uma empresa de baixa renda mais resiliente durante o recente aumento da inflação do Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), com margens brutas sólidas no nível de 35%.

“As ações tiveram uma liquidação de 14% em 30 dias, o que em nossa opinião não é justificado pelos fundamentos, uma vez que o setor já passou por um mínimo de margem e ainda há medidas de aumento de acessibilidade para entrar em vigor, como a extensão da taxa de hipoteca para 35 anos e FGTS”, afirmam.

Eles acrescentam que as regiões onde a Direcional tem forte presença, como Manaus e Brasília, quando comparadas a São Paulo, são relativamente insuficientes em métricas como unidades produzidas e crédito em relação à linha de base de 2021, o que pode ajudar a Direcional a ganhar participação geral.