Antes do Copom, Boletim Focus aponta: taxa Selic vai ficar em 10,50%

Posição majoritária dos agentes financeiros indica uma pausa no ciclo de corte dos juros

O Copom (Comitê de Política Monetária) volta a se reunir nesta semana e a grande aposta do mercado é que a taxa Selic vai ser mantida em 10,50% ao ano. Isso é o que aponta também o Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira (17) pelo Banco Central.

Conforme o novo relatório, os agentes financeiros elevaram de 10,25% para 10,50% a projeção para os juros básicos da economia brasileira no fim de 2024. Ou seja, eles não esperam novos cortes neste ano.

Para 2025, a estimativa piorou pela terceira semana seguida. Agora, de 9,25% para 9,50%. Esse cenário sinaliza assim a possibilidade de uma retomada da flexibilização da Selic no ano que vem.

Inflação deve aumentar

Simultaneamente, o Boletim Focus reitera a perspectiva de piora do IPCA em 2024 e 2025. Neste ano, a previsão para a inflação oficial subiu de de 3,90% para 3,96%. Enquanto que a tendência para o índice de preços aos consumidores para o próximo ano avançou de 3,78% para 3,80%.

Além disso, o mercado financeiro prevê um dólar mais forte ante o real em 2024 e 2025. A estimativa no Boletim Focus para a cotação do dólar neste ano passou de R$ 5,05 para R$ 5,13. Já para o ano que vem, oscilou de R$ 5,09 para R$ 5,10.

Por último, a projeção para o crescimento do PIB do Brasil em 2024 teve um leve recuou, de 2,09% para 2,08%. Contudo, a perspectiva de expansão da atividade em 2025 foi mantida em 2%.

Leia a seguir

Leia a seguir