Mercado ganhou mais de 3 mil novos assessores de investimentos certificados em 2023

Ao todo são 23.969 profissionais no país; 18.291 estão vinculados a alguma instituição financeira

O mercado financeiro tem assistido a um aumento significativo no número de assessores de investimentos. De acordo com o último relatório divulgado pela Ancord (Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias), entidade responsável por certificar e credenciar assessores de investimento, de janeiro a julho de 2023, 3.181 profissionais conquistaram a certificação.

Atualmente há 23.969 assessores de investimentos credenciados no Brasil; desse total, 18.291 estão vinculados a alguma instituição financeira. A maioria deles está concentrada no Sudeste (62,5%); já a região Norte (1,3%) possui a menor participação no total desses profissionais. 

Em relação à idade, destacam-se os assessores entre 26 e 35 anos, que equivalem a 36% do número total, de acordo com a Ancord. Somados aos 14% de pessoas com idade entre 18 e 25 anos, os assessores de investimentos com até 35 anos representam 50% das pessoas nessa atividade; além disso, do total, 79% são homens.

Assessor de investimento: saiba quem procurar

O mercado hoje em dia oferece diferentes opções de serviços para quem busca ajuda na hora de investir. Os assessores de investimentos, que estão dentro das corretoras , são especialistas focados em ajudar os clientes a montar uma carteira de investimentos compatível com o seu perfil de investidor.

Já os agentes autônomos atuam de forma independente, mas são legalmente representantes de instituições financeiras. Eles auxiliam o investidor na operacionalização e no repasse das ordens de compra e venda junto à corretora.

Também existem os consultores de investimento. Eles podem ser contratados pelos próprios investidores e, com autorização da CVM , podem recomendar produtos, mas não podem fazer as aplicações pelos clientes.

Por fim, os planejadores financeiros também recebem remuneração do próprio investidor. Eles geralmente tratam não só dos investimentos, mas do planejamento financeiro como um todo. Confira dicas para encontrar um profissional especializado para orientar os seus investimentos.