Melhores e piores ações: Aeris lidera com possível diretoria de transição energética na Petrobras; Hapvida fica na lanterna

Confiras as melhores e piores ações do pregão da B3 nesta segunda-feira, 9 de janeiro

Em dia de volatilidade na Bolsa de Valores, os destaques da Bolsa passaram à margem dos acontecimentos do domingo, em Brasília, com os ataques de manifestantes golpistas às sedes dos três poderes.

No campo positivo, a política acabou por favorecer a Aeris (AERI3), que foi alçada à posição de empresa com maior valorização na Bolsa no pregão desta segunda-feira (9).

Maior fabricante de pás para aerogeradores da América Latina e parceira de grandes empresas do setor de energia, a Aeris foi beneficiada pelas notícias que afirmam que o novo governo pretende criar dentro da Petrobras uma diretoria com foco em transição energética, com ideias que partiram dos integrantes do grupo de transição.

A head de Research de ESG da XP, Marcella Ungaretti, ressaltou a intenção do governo de criar um programa para facilitar o acesso da população, sobretudo de menor renda, à chamada geração distribuída, modalidade em que o consumidor gera a própria energia elétrica a partir de fontes renováveis.

“O principal foco é a energia solar, com a instalação de painéis fotovoltaicos nas residências, segundo proposta apresentada pelo grupo de transição ao ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, em reunião nesta semana”, escreveu Marcella.

Além disso, a empresa terá, a partir desta terça-feira (10), uma nova diretoria, com Alexandre Sarnes Negrão voltando ao cargo de diretor-presidente. Ele já havia atuado entre 2017 e 2021 na posição e retoma o cargo.

Hapvida puxa perdas

No campo negativo, a Hapvida (HAPV3) aparece com a maior desvalorização do dia depois de bancos rebaixarem as recomendações para neutra com relação às ações da empresa.

BoFA, Bradesco BBI e JP Morgan destacaram a deterioração dos resultados trimestrais da empresa, em especial, o aumento da sinistralidade no balanço da empresa de serviços de saúde. Os números foram atualizados após relatório divulgado pela Agência Nacional de Saúde (ANS).

“Os resultados estão deteriorando significativamente desde o M&A com a NotreDame Intermédica (GNDI3) e acreditamos que a companhia está passando por mudanças estruturais, especialmente em termos de MLR [medical loss ratio, em inglês; um indicador de sinistralidade]”, afirmou o Bank of America em relatório.

Confira as melhores ações do dia

  • Aeris (AERI3) +8,41%
  • PDG (PDGR3)  +7,14%
  • IRB (IRBR3) +7,07%
  • Americanas (AMER3) +6,43%
  • Anima (ANIM3) +5,84%

Piores do pregão

  • Hapvida (HAPV3) -11,01%
  • Helbor (HBOR3) -5,64%
  • Even (EVEN3) -3,33%
  • Portobello (PTBL3) -3,18%
  • Grupo Soma (SOMA3) -3,16%