NY: Na semana, Dow Jones teve ganho de 0,24%, o S&P 500 subiu 1,13% e o Nasdaq avançou 2,09%

Bolsas fecham mistas na sexta-feira (2) com investidores avaliando payroll americano

Os principais índices acionários de Nova York encerraram a sexta-feira seguindo caminhos mistos, enquanto investidores ainda avaliavam o relatório de geração de empregos do mercado dos Estados Unidos, divulgado mais cedo. Apesar disso, na semana, as bolsas ainda acumularam alta.

No fim da sessão, o indice Dow Jones fechou em alta de 0,10%, a 34.429,88 pontos, enquanto o S&P 500 exibiu perdas de 0,12%, a 4.071,70 pontos, e o Nasdaq caiu 0,18%, a 11.461,49 pontos. Entre os índices setoriais do S&P 500, o setor de energia registrou a maior perda, com recuo de 0,57%, enquanto o de materiais registrou o maior ganho, de 1,13%. Na semana o Dow Jones teve ganho de 0,24%, o S&P 500 subiu 1,13% e o Nasdaq avançou 2,09%.

Destaque da agenda de dados da semana, o relatório de empregos mostrou que a economia dos Estados Unidos criou 263 mil vagas em novembro, um sinal de força contínua no mercado de trabalho. A criação de vagas surpreendeu, já que o consenso dos economistas ouvidos pelo “The Wall Street Journal” era de 200 mil. A taxa de desemprego ficou em 3,7% no mês passado, repetindo o resultado anterior.

Tais dados elevaram a percepção, entre agentes do mercado, de que o Federal Reserve (Fed, banco central americano), ainda não está fazendo o suficiente para enfraquecer o mercado de trabalho e combater a inflação.

Profissionais do Wells Fargo lembraram que os formuladores do Fed deixaram claro que desejam ver um equilíbrio mais saudável entre oferta e demanda no mercado de trabalho. “Idealmente, um crescimento robusto da oferta de trabalho aliviaria a necessidade de muitos problemas do lado da demanda”, escrevem. Contudo, ponderam que “o quadro da oferta de mão-de-obra este ano tem sido decepcionante, e o relatório de hoje foi mais uma decepção nessa frente”.

No fim da tarde, o índice DXY, que mede o peso do dólar ante seis moedas de mercados desenvolvidos, seguiu mais fraco, caindo 0,21%, a 104,504 pontos.