Mercados na Europa operam sem direção única, à espera de balanços de peso e anúncios de juros

Investidores aguardam balanços de pesos-pesados como Santander, Deutsche Bank e Shell e também de gigantes do setor de tecnologia dos EUA, incluindo Apple, Microsoft e Amazon

As bolsas europeias operam sem direção única e com variações modestas na manhã desta segunda-feira, enquanto investidores aguardam balanços corporativos relevantes da região e dos EUA, além de anúncios de juros do Federal Reserve (Fed, o BC americano) e do Banco da Inglaterra (BoE).

Por volta das 6h25 (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 tinha alta marginal de 0,03%, a 483,97 pontos, após encerrar a última semana no maior nível em dois anos.

Em dia de agenda fraca, as atenções estão voltadas para os próximos dias, que trarão balanços de pesos-pesados europeus como Santander, Deutsche Bank e Shell e também de gigantes do setor de tecnologia dos EUA, incluindo Apple, Microsoft e Amazon.

Juros

Além disso, o Fed e o BoE definem juros, na quarta (31) e quinta-feira (01), respectivamente. As expectativas, porém, são de manutenção das taxas. A semana vai se encerrar com o payroll, como é conhecido o relatório de emprego dos EUA, na sexta-feira (02).

Nas próximas horas, está previsto discurso do vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Luis de Guindos. Na semana passada, o BCE deixou seus principais juros inalterados pela terceira vez seguida e reiterou o compromisso de combater a inflação.

Às 6h40 (de Brasília), a Bolsa de Londres subia 0,15%, enquanto a de Paris caía 0,03% e a de Frankfurt recuava 0,52%. Já a de Milão cedia 0,67%, a de Madri perdia 0,43% e a de Lisboa se mantinha estável.

Com informações do Estadão Conteúdo