Lula critica Vale (VALE3), Gleise defende Mantega no conselho da empresa e ações caem na bolsa

Presidente Lula lembrou da tragédia de Brumadinho

As ações da Vale (VALE3), no meio da tarde desta quinta-feira (25), apresentavam queda na bolsa de valores. No site da B3, o papel figurava entre as maiores queda do dia – desvalorização de 1,47%, cotado a R$ 68,87. Os dados foram coletados às 15h25 e a cotação tem 15 minutos de defasagem. No fim do dia, a ação encerrou o pregão com desvalorização de 2,2%.

A queda da Vale (VALE3) ocorre em um dia em que a companhia motivou a publicação de duas postagens distintas no X, o antigo Twitter, de figuras centrais da república.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou na rede social a atuação da companhia em Brumadinho. “Hoje faz 5 anos do crime que deixou Brumadinho debaixo de lama, tirando vidas e destruindo o meio ambiente. 5 anos e a Vale nada fez para reparar a destruição causada”, escreveu o presidente em postagem feita às 12h28 de hoje.

Em postagem no mesmo horário, 12h28, a presidente nacional do PT, Gleise Hoffmann, descreveu uma série de ações positivas que reputa a Guido Mantega e defendeu o seu nome para o Conselho da Vale (VALE3).

“Pouquíssimos brasileiros são tão qualificados quanto Guido Mantega para compor o conselho da Vale, uma empresa estratégica para o país e na qual o governo tem participação e responsabilidades”, escreveu a deputada federal pelo Paraná. Ela também escreveu que considera a privatização da companhia danosa.