Petrobras (PETR4) pode pagar dividendo extra de mais de R$ 40 bi, prevê Itaú BBA

Segundo o time de analistas do banco, há um alinhamento entre os acionistas para que empresa pague o maior dividendo possível

O Itaú BBA previu nesta sexta-feira (9) que a Petrobras (PETR4) pode anunciar um dividendo extra de mais de R$ 40 bilhões, ao divulgar seus resultados consolidados de 2023.

“Estimamos que a Petrobras poderá pagar entre US$ 4,7 bilhões e US$ 8,5 bilhões de dividendos extraordinários no quarto trimestre”, aponta em relatório.

Assim, em reais, isso equivale a algo entre R$ 23,5 bilhões e R$ 42,5 bilhões.

Resultado operacional

Dessa forma, a previsão chega após a petroleira ter divulgado na noite de quinta-feira (8) seus resultados operacionais do quarto trimestre.

A produção de petróleo e gás da companhia de outubro a dezembro cresceu 2% em relação ao trimestre anterior, impulsionado pelos valores recordes de produção em 2023.

Assim, o BBA considerou que a Petrobras (PETR4) terá um resultado operacional (Ebitda) de cerca de R$ 75 bilhões no trimestre, avanço de 11% em relação ao trimestre anterior.

Isto provavelmente permitirá um pagamento de dividendos ordinários de cerca de R$ 20 bilhões para o trimestre.

Dessa forma, Monique Greco Natal e equipe, que assinam o relatório, acreditam que há um alinhamento entre acionistas majoritário e minoritários pelos maiores dividendos possíveis.

Isso sem prejudicar a implementação do plano estratégico e a sustentabilidade financeira da companhia nos próximos anos.

Previsão do BTG

Também em relatório, o BTG Pactual calculou que o Banco do Brasil (BBAS3) tem potencial para pagar até R$ 36,5 bilhões em dividendos especiais.

Porém, avalia que a empresa vai pagar “apenas” cerca de R$ 20 bilhões, uma vez que parte do potencial total deverá ser adicionado à reserva de capital recentemente criada.

E a do Santander Brasil

A equipe de analistas do Santander Brasil também arriscou um número, mas foi mais conservadora.

Para Rodrigo Almeida e Eduardo Muniz, a Petrobras deve anunciar um dividendo total de US$ 7,5 bilhões (cerca de R$ 37,5 bilhões).

Desse total em reais, porém, pouco mais de metade seriam de dividendos regulares. Os extraordinários representariam aproximadamente R$ 17,5 bilhões.

Isso, no cenário base. O relatório considera horizontes em que esse pagamento extra também pode ser de até R$ 25 bilhões.