Bolsas da Europa fecham em alta ainda repercutindo Powell

Durante evento, Powell apontou que os resultados do payroll mostraram que ainda há trabalho a fazer para combater a alta dos preços

Os principais índices acionários europeus fecharam a sessão majoritariamente em alta nesta quarta-feira, avaliando de forma positiva as declarações do presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, em relação ao processo de desinflação nos Estados Unidos. Os investidores acreditam que Powell indicou que o aperto monetário está perto do pico nos EUA.

Após ajustes, o índice Stoxx 600 fechou em alta de 0,28%, a 459,46 pontos. O índice DAX, de Frankfurt, teve avanço de 0,60%, a 15,412,05 pontos e o FTSE 100, de Londres, registrou alta de 0,26%, a 7.885,17 pontos. O francês CAC 40 contabilizou queda de 0,18%, a 7.119,83 pontos. Entre os setores do Stoxx Europe 600, o segmento bancário teve alta de 1,98%.

Ontem, os mercados aprovaram as declarações do presidente do Fed, Jerome Powell, em evento no Clube Economico de Washington. Powell indicou que o processo de desinflação já começou, mas que o payroll de janeiro mostrou que ainda há trabalho a fazer para combater a alta dos preços.

“Ontem, o presidente do Fed, Jerome Powell, disse que a inflação está diminuindo, aumentando as esperanças de que os EUA possam estar se aproximando do pico das taxas de juros”, afirma Victoria Scholar, chefe de investimentos da Interactive Investor.

Após as declarações de Powell, os investidores puderam avaliar os discursos de membros do Fed ao longo da manhã de hoje.

O presidente do Fed de Nova York, John Williams, apontou que o mercado de trabalho e a demanda nos Estados Unidos seguem extremamente fortes e que o BC americano tem mais trabalho a fazer. Para Williams, o Fed deve realizar altas de 0,25 ponto percentual nas próximas reuniões.

Já a diretora do Fed, Lisa Cook, apontou que o forte resultado do ‘payroll’ de janeiro combinado com o crescimento moderado dos salários aumentaram as esperanças de um “pouso suave” na economia dos Estados Unidos. Cook afirmou que acredita na possibilidade do Fed devolver a inflação à meta de 2% com novos aumentos de juros, mas sem um “grande aumento do desemprego”, segundo a “Reuters”.

As 14h30 (horário de Brasília), o presidente do Fed de Minneapolis, Neel Kashkari, deve discursar em um evento. Já as 15h45 é a vez do diretor do Fed, Christopher Waller.

No continente europeu, a agenda não teve a divulgação de indicadores econômicos, e o foco continua nos balanços. O banco francês Société Générale registrou uma queda de 64% nos lucros anuais em 2022, mesmo registrando um lucro acima do esperado no quarto trimestre. Os papéis do banco fecharam com queda de 5,03%.

A Equinor, companhia norueguesa do setor de energia, registrou um lucro operacional ajustado recorde de US$ 74,9 bilhões para 2022, mais que o dobro do recorde anterior, graças ao aumento dos preços do gás. As ações da empresa tiveram alta de 6,85%.