Bolsas dos EUA fecham em alta consistente com ajuda de balanços corporativos

Apesar da alta, mercado segue preocupado com falas de integrantes do Fed, que continuam reforçando o tom mais conservador

Os principais índices acionários futuros de Wall Street exibiram avanço ao longo desta terça-feira, dia em que resultados trimestrais de algumas empresas ligadas ao consumo e ao varejo ajudaram a melhorar o otimismo do investidor.

O desempenho, porém, não tem maior ímpeto porque integrantes do Federal Reserve (Fed) continuam reforçando o tom mais conservador sobre o aperto monetário e a cautela anterior à divulgação da ata do BC americano permanece presente.

O documento deve ser divulgado na quarta (23), em sessão sobrecarregada de dados econômicos.

Dow Jones fechou em alta de 1,18%. S&P 500 registrou valorização de 1,36%. A Nasdaq fechou também em alta de 1,36%.

Empresas

Nesta terça, o que ajudou a recuperação dos indicadores são resultados trimestrais de companhias ligadas ao setor varejista e ao consumo.

A varejista forte em produtos eletrônicos Best Buy mostrou em seu relatório trimestral que os lucros e as vendas caíram no período de julho a setembro, mas os resultados não foram tão ruins quanto o esperado pelos investidores. Diante disso, as ações da empresa subiam 8,20% no pré-mercado.

A Abercrombie & Fitch, por sua vez, avançava 15,92% antes da abertura, depois que o varejista superou as projeções de receita e entregou um lucro ajustado estreito contra uma perda esperada. Já a Urban Outfitters subia 4,19% também batendo as expectativas do mercado.

Comentários do Fed

Apesar da empolgação de hoje, ontem, comentários de integrantes do Fed voltaram a pesar nas negociações –o que limita também o avanço hoje.

Para o Brooks Macdonald, o Fed não veio em socorro ontem, com a presidente da distrital de San Francisco, Mary Daly, falando sobre os riscos econômicos de um aperto excessivo, mas no mesmo discurso alertando que a taxa terminal dos EUA pode precisar ir acima de 5% para ser suficientemente restritiva.

“A presidente do Fed de Cleveland, Loretta Mester colocou isso em uma linguagem mais simples, dizendo que o Fed não estava ‘nem perto de parar’ seu processo de aumento das taxas de juros. Os mercados ainda esperam que o Fed suba 0,50 ponto percentual em vez de 0,75 na reunião de dezembro, mas a taxa terminal para este ciclo permanece altamente incerta”, disse Edward Park, chefe de investimentos do Brooks Macdonald, em nota.

Petróleo

Enquanto isso, o petróleo melhorou a sua precificação na manhã desta terça-feira após a Arábia Saudita negar a possibilidade da Organização dos Países Produtores de Petróleo (Opep) aumentar a sua produção da commodity em 500 mil barris. Na segunda, os preços do petróleo chegaram a cair mais de 5% com o aumento de casos de covid-19 na China e temores de uma redução da demanda.