Bolsas da Europa recuam levemente, após balanços decepcionantes de Casino e ASM

Durante a madrugada, o Casino, que passa por uma ampla reestruturação em meio ao endividamento elevado, informou que sofreu prejuízo de líquido de 5,66 bilhões de euros em 2023, múltiplas vezes maior do que a perda do ano anterior

As bolsas europeias operam majoritariamente em leve baixa na manhã desta quarta-feira, após balanços decepcionantes de grandes empresas da região, incluindo do varejista francês Casino, controlador do Grupo Pão de Açúcar (GPA) no Brasil.

Por volta das 6h35 (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 recuava 0,18%, a 495,46 pontos.

Durante a madrugada, o Casino, que passa por uma ampla reestruturação em meio ao endividamento elevado, informou que sofreu prejuízo de líquido de 5,66 bilhões de euros em 2023, múltiplas vezes maior do que a perda do ano anterior. No horário acima, a ação do varejista tombava mais de 9% em Paris.

Já em Amsterdã, o papel da ASM International caía 3,4%, após o fabricante de chips holandês revelar queda em sua receita trimestral, em balanço divulgado ontem à tarde.

Por outro lado, a Vodafone subia quase 3% em Londres, após a empresa de telefonia britânica confirmar que está em negociações avançadas para vender sua operação italiana para a Swisscom.

Logo mais, investidores na Europa vão acompanhar pesquisa sobre índices de confiança da zona do euro. Além disso, os EUA divulgam nas próximas horas revisão do Produto Interno Bruto do quarto trimestre de 2023.

Às 6h51 (de Brasília), a Bolsa de Londres caía 0,57% e a de Paris recuava 0,08%. Já as de Milão, Madri e Lisboa tinham perdas de 0,37%, 0,27% e 0,22%, respectivamente. Exceção, a de Frankfurt subia 0,11%.

Com informações da Dow Jones Newswires e do Estadão Conteúdo