Bolsas da Europa sobem após Fed, mas PMIs mistos e expectativa com BoE limitam ganhos

Logo mais, às 9h (de Brasília), será a vez de o BoE anunciar decisão de política monetária. A expectativa é que o BC inglês mais uma vez deixe seu juro principal em 5,25%, em uma votação dividida

As bolsas europeias operam em alta na manhã desta quinta-feira, um dia após o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) reafirmar projeção para a trajetória dos juros americanos este ano, mas os ganhos são limitados por dados mistos da última rodada de PMIs locais e antes da decisão de política monetária do Banco da Inglaterra (BoE).

Por volta das 7h05 (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 avançava 0,49%, a 507,67 pontos.

Como era amplamente esperado, o Fed manteve seus juros nos níveis atuais pela quinta vez consecutiva, mas também reiterou previsão de que cortará as taxas três vezes este ano, consolidando apostas de que a redução inicial virá em junho. O anúncio do Fed, que foi considerado mais “dovish” (favorável à concessão de estímulos) do que o esperado, levou Wall Street a novas máximas históricas de fechamento ontem.

Na Europa, o BC suíço anunciou mais cedo um inesperado corte em seu juro básico, a 1,5%, tornando-se o primeiro BC de uma economia rica e desenvolvida a relaxar a política monetária desde que a inflação global começou a desacelerar depois de saltar na esteira da pandemia de covid-19. O norueguês Norges Bank, por sua vez, manteve seu juro em 4,5%, como previsto.

Logo mais, às 9h (de Brasília), será a vez de o BoE anunciar decisão de política monetária. A expectativa é que o BC inglês mais uma vez deixe seu juro principal em 5,25%, em uma votação dividida.

Nas últimas horas, aos mercados acionários europeus perderam força gradualmente na esteira de PMIs preliminares da região. O PMI composto da zona do euro subiu para 49,9 em março, se aproximando da marca de 50 que indicaria atividade estável, graças a ajuda do setor de serviços, mas o componente industrial se enfraqueceu. O mesmo aconteceu na Alemanha, a maior economia da Europa. No Reino Unido, por outro lado, a indústria surpreendeu positivamente e os serviços decepcionaram.

Hoje ainda, está previsto levantamento prévio dos PMIs dos EUA.

Às 7h18 (de Brasília), a Bolsa de Londres subia 0,92% e a de Frankfurt avançava 0,34%, enquanto a de Paris se mantinha estável. Já as de Milão, Madri e Lisboa tinham ganhos de 0,29%, 0,84% e 0,24%, respectivamente.

Com informações da Dow Jones Newswires e do Estadão Conteúdo.