Bolsas da Ásia fecham na maioria em alta depois de rali em Nova York

As ações dos EUA terminaram a semana com uma nota positiva, o que ajudou os mercados asiáticos

As bolsas asiáticas fecharam na maioria em alta nesta segunda-feira, na volta de alguns feriados, e após as bolsas de Nova York exibirem rali na última sessão, diante da recuperação das ações de bancos regionais e o otimismo com o balanço da Apple.

Em Tóquio, o Nikkei 225 caiu 0,7%, a 28.949,88 pontos, já que ações foram prejudicadas por quedas nas ações de bancos, energia e eletrônicos, em meio a preocupações contínuas sobre o aperto nas políticas dos bancos centrais. Assim, papéis do Chiba Bank (-2,15%), Fanuc Corp (-1,61%) e Fukuoka Financial Group (-1,77%) caíram.

Já na Bolsa de Hong Kong, o Hang Seng avançou 1,2%, a 20.297,03. Na China continental, o índice Xangai Composto, referência da Bolsa de Xangai, subiu 1,8%, a 3.395,00 pontos. Apesar da alta de hoje, segunda o ANZ, “o mercado tem ficado cada vez mais frustrado com a lenta recuperação da atividade econômica na China”.

O ING reforça que as ações dos EUA terminaram a semana com uma nota positiva, o que ajudou os mercados asiáticos. “Qualquer salto na Ásia pode durar pouco”, pondera o banco suíço.

Por fim, na Bolsa de Seul, o referencial Kospi teve alta de 0,5%, a 2.513,21 .