Bolsas da Ásia fecham em queda após sinais mistos de Powell; Seul é exceção

Em Tóquio, o índice Nikkei encerrou a sessão com queda de 0,29%, a 27.606,46 pontos, em meio a sinais mistos do presidente do Fed, Jerome Powell

As bolsas da Ásia fecharam majoritariamente em queda nesta quarta-feira (8), com os investidores repercutindo as declarações do presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, que sinalizou que o aperto monetário do BC americano pode continuar por mais tempo, mesmo que a inflação esteja caindo.

A bolsa de Seul se deslocou de seus pares com os mercados avaliando a divulgação de balanços, especialmente no setor de tecnologia, que fizeram com que o índice Kospi registrasse forte alta durante a sessão.

Japão

Em Tóquio, o índice Nikkei encerrou a sessão com queda de 0,29%, a 27.606,46 pontos, em meio a sinais mistos do presidente do Fed, Jerome Powell, que reconheceu que a inflação está caindo nos EUA, mas acrescentou que uma política mais restritiva pode permanecer por mais tempo do que o esperado.

A Nintendo caiu 7,5% depois de cortar suas previsões de receita e lucro líquido para o ano fiscal. O SoftBank Group teve queda de 5,1% após registrar um prejuízo líquido no terceiro trimestre, abaixo das expectativas dos analistas. Enquanto isso, a Kyowa Kirin subiu 6,45% depois de projetar um aumento de 42% no lucro líquido do ano fiscal.

Coreia do Sul

Na Coreia do Sul, o índice Kospi registrou alta de 1,30%, a 2.483,64 pontos, com o setor financeiro e de tecnologia liderando os ganhos. O sentimento foi impulsionado pelos ganhos liderados por tecnologia de Wall Street durante a noite, após os comentários do presidente do Fed, Powell, sobre o forte mercado de trabalho dos EUA.

A empresa do setor de semicondutores SK Hynix subiu 4,5% e a companhia de eletrônicos LG Electronics teve alta de 5,5%. A empresa de videogames online Krafton saltou 6,3% depois de registrar sólidos ganhos em 2022. O Woori Financial Group e Shinhan Financial Group tiveram alta de 4,1% e 1,8%, respectivamente, após a divulgação dos resultados do quarto trimestre.

Hong Kong

Em Hong Kong, o índice Hang Seng encerrou a sessão com queda de 0,07%, a 21.283,52 pontos, estendendo um padrão de negociação fraco até agora nesta semana, em linha com as bolsas da China continental. As ações chinesas têm esfriado com preocupações relacionadas aos aumentos das taxas de juros do Fed e a desaceleração do crescimento global após uma forte alta no ano novo impulsionada pela reabertura econômica e sanitária de Pequim.

As empresas de tecnologia lideraram as perdas com o setor recuando de fortes ganhos na terça-feira. A Meituan caiu 6,5%, Alibaba Health teve queda de 3,6% e Baidu caiu 3,1%.

China Continental

Na China Continental, o índice Xangai composto fechou a sessão com retração de 0,49%, a 3.232,1063 pontos, estendendo o padrão de negociação limitado até agora nesta semana, à medida que a recuperação anterior impulsionada pela reabertura do mercado diminuiu.

O setor de bens de consumo e serviços lideraram as perdas, recuando dos ganhos crescentes obtidos nas últimas semanas, impulsionados pelo otimismo de reabertura. A produtora e operadora de cinema Huayi Brothers Media caiu 2,75% e a fabricante de eletrodomésticos Hangzhou Robam teve queda de 3,3%.