Magalu lidera altas no Ibovespa após pedido de RJ da Americanas; bancos se mantêm em baixa

Na leitura de parte do mercado, a companhia pode tomar uma parcela da participação de mercado da concorrente

Após o pedido de Recuperação Judicial da Americanas, a ação ON do Magazine Luiza (MGLU3) continuou liderando as altas do Ibovespa. Por volta de 17h15, o papel subia 8,43%, aos R$ 3,86, perto da máxima diário, que foi de R$ 3,92.

Na leitura de parte do mercado, a companhia pode tomar uma parcela da participação de mercado da concorrente.

Via ON (VIIA3), por outro lado, caía 0,84%, para R$ 2,36.

Já a ação ON da Americanas (AMER3) ainda tombava e liderava as baixas do Ibovespa, com queda de 33,32%, a R$ 1,15.

Bancos

Os principais bancos continuavam em queda. Bradesco PN (BBDC4) operava a R$ 14,82, em baixa de 0,20%, pouco acima das mínimas diárias.

BTG Pactual units (BPAC11) acentuava as baixas e operava em queda de 2,25%, para R$ 22,14.

Já Itaú PN (ITUB4) reduziu as baixas após a notícia – o papel, que se aproximou dos R$ 26,05 nas mínimas do dia, operava em R$ 26,52, queda de 0,23%.

Santander units (SANB11) também teve um leve alívio e operava em queda de 0,51%, a R$ 29,47, após tocar os R$ 29,04 na mínima desta quinta-feira.