Ações da CVC (CVCB3) fecham em disparada e se recuperam de perdas após anúncio de novo CFO

Ações da CVC sofreram com fortes quedas nos últimos dias, após saída do presidente da empresa

Em semana conturbada, figurando entre as maiores perdas da bolsa em alguns pregões, a CVC (CVCB3) voltou a se destacar positivamente nesta sexta-feira (26). No fechamento, as ações da empresa subiram 11,19%, cotadas a R$ 2,98.

Na quinta-feira, as ações caíram 4,62%, agravando a perda do dia anterior, quando a queda foi de 7,56%.

A direção para as ações da empresa do setor de turismo e viagem começaram a mudar no começo desta manhã, na abertura do mercado, com a repercussão acerca do anúncio do novo diretor financeiro da empresa, Carlos Wollenwebe, feito na noite anterior.

O comunicado foi assinado por Eliane Silveira Lapa, diretora de Governança Corporativa, Compliance
e Relações com Investidores.

Relação com investidores

Além do cargo de CFO, o executivo passará a ocupar também a posição de diretor de Relações com Investidores. Ele assume suas funções a partir do dia 29 de maio, segunda-feira.

Wollenweber foi diretor financeiro da incorporadora Even e de sua controladora, MelnickEven, entre 2020 e 2023. Em comunicado de apresentação do executivo, a CVC destacou o fato de Wollenweber ter reestruturado a dívida da MelnickEven e a gestão da crise no início da pandemia.

Saída dos CEO e CFO

Um analista do mercado ouvido pela Inteligência Financeira apontou que a escolha de Wollenweber tem a missão de acalmar os investidores após a saída do ex-presidente, Leonel Andrade, nesta semana, que renunciou ao cargo.

O caminho de Wollenweber deve ser a cadeira de CEO, que segue vaga, caso ele consiga encontrar soluções para o endividamento da empresa.

Wollenweber assume a posição de CFO cerca de um mês depois da saída do ex-diretor financeiro da empresa, Marcelo Kopel.