3R sai de lucro para prejuízo no 4T2022; produção da Prio sobe em fevereiro

Veja desempenho das petroleiras privadas

A 3R Petroleum (RRRP3) registrou prejuízo líquido de R$ 38,9 milhões no quarto trimestre de 2022, revertendo o lucro líquido de R$ 19,7 milhões do quarto trimestre de 2021.

De acordo com as demonstrações de resultados divulgadas na noite desta quarta-feira (8), a receita líquida no quarto trimestre de 2022 foi de R$ 445,1 milhões, em alta de 78,0% sobre a receita de R$ 250,0 milhões de um ano antes.

O Ebitda (Resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da empresa no quarto trimestre de 2022 ficou negativo em R$ 41,5 milhões, ante resultado positivo de R$ 142,9 milhões no mesmo período do ano anterior.

Produção da Prio em fevereiro

A Prio (PRIO3) registrou produção diária de 68,2 mil barris de óleo equivalente por dia em fevereiro, um crescimento de 91,4% na comparação anual e de 34,2% sobre janeiro deste ano.

A companhia destaca que a produção no Campo de Frade foi de 31,4 mil barris por dia, enquanto em Polo Polvo e Tubarão Martelo a produção ficou em 14,6 mil barris por dia. No Campo de Albacora Leste a produção foi de 22,1 mil barris por dia.

“Albacora Leste teve produção abaixo da esperada no mês devido a falhas nos sistemas de geração e compressão de gás, que foram retificadas ao longo do mês”, diz a Prio. A companhia detém participação de 90% no campo.

A empresa também destacou que interrompeu temporariamente a produção no poço MUP3A, em Frade, e no TBMT-4H, em Polvo e Tubarão Martelo, por conta de falhas em equipamentos. As manutenções estão em curso e devem terminar ainda neste mês.

As vendas de óleo da Prio em fevereiro foram de 994,6 mil barris, queda de 44% na comparação anual, mas crescimento de 81,7% sobre janeiro. As vendas em Frade ficaram em 497,5 mil barris, enquanto em Albacora Leste ficou em 497,1 mil barris.