Quem é Lidiane Jones, nova CEO do aplicativo de relacionamento Bumble 

Conheça a brasileira que vai liderar a empresa e o que esperar das ações daqui para frente

A brasileira Lidiane Jones será a nova CEO do Bumble (B2MB34), aplicativo de relacionamento criado pela empreendedora Whitney Wolfe Herd, que deixará o cargo em janeiro de 2024. O anúncio aconteceu nesta segunda-feira (7). Atualmente, Lidiane é CEO da plataforma de comunicação corporativa Slack, que era da Salesforce, e onde ela trabalhou por quatro anos. Então, em um comunicado, Whitney afirmou que ficará com o cargo de presidente executiva do Bumble. “A experiência e o histórico de Lidiane em produtos e tecnologia são excepcionais e tê-la liderando o próximo capítulo do Bumble é uma grande vitória para nossa empresa”, disse a executiva. 

Quem é a nova CEO do Bumble? 

Lidiane nasceu em São Paulo e se formou em Ciência da Computação na Universidade de Michigan. Além disso, a executiva é mãe e reúne grandes experiências profissionais. Antes de assumir o comando do Slack, Lidiane foi vice-presidente executiva e gerente-geral de experiências digitais da Salesforce. 

Por quais empresas Lidiane Jones já passou? 

Além da Salesforce, Lidiane liderou a equipe de produtos de softwares da Sonos e trabalhou por quase 13 anos na Microsoft como líder em diversos produtos. A executiva também já passou pela Apple. Hoje ela é membro do conselho de administração da Compass Working Capital e “board observer” da Astound Commerce. 

Quem vai assumir como CEO do Slack no lugar de Lidiane? 

Ainda não se sabe quem vai substituir Lidiane, que assumirá a presidência do Bumble no dia 2 de janeiro de 2024. “O último ano no Slack foi um ponto alto da minha carreira até hoje. Há algo realmente especial sobre como a empresa prototipa o caminho, e estou muito animado para ver como o Slack e o Salesforce continuarão crescendo juntos”, afirmou a executiva em um post no seu LinkedIn.  

O que esperar das ações da Bumble (B2MB34)? 

Assim, o atual momento não é dos melhores para a empresa. As ações da companhia (BMBL) caíram 10,1% na segunda feira depois do anúncio, para US$ 12,29, uma nova mínima recorde. Em fevereiro de 2021, as ações da BMBL abriram a US$ 76 em sua estreia pública.  

Então, o Bumble abriu seu capital na Nasdaq e chegou a valer US$ 7,7 bilhões na estreia. No momento, a companhia tem uma capitalização de menos de US$ 2 bilhões. Neste ano, as ações do Bumble caíram 36%. 

Logo, é difícil saber ao certo o que esperar das ações da empresa, que divulgará seus resultados trimestrais nesta segunda (7). Uma coisa é certa: a tecnologia estará mais presente nos processos da companhia. Em entrevista ao The Wall Street Journal, Lidiane afirmou que deseja investir pesado em inteligência artificial, tornando mais ágil o encontro entre os casais.  

Enfim, é possível investir na Bumble por Brazilian Depositary Receipt. O BDR do aplicativo está na Bolsa de Valores de São Paulo, a B3, desde agosto de 2021.