Qual é a fortuna da Xuxa? Veja os negócios da rainha dos baixinhos

Xuxa investe em diferentes setores, como depilação à laser, alimentação e festas infantis

Maria das Graças Meneghel, a Xuxa, é um dos maiores fenômenos culturais do Brasil nos anos 1980 e 1990. Com o tempo, a fortuna da Xuxa cresceu.

A apresentadora acumulou patrimônio e hoje mantém diferentes negócios, paralelos com seus trabalhos na TV, cinema e streaming. Xuxa não revela valores, mas afirma que poderia ter muito mais dinheiro hoje se não tivesse sido “enganada” ao longo da carreira.

“Eu poderia ser duas ou três vezes mais rica. Fui tudo o que as pessoas imaginam: enganada, usada, manipulada, roubada”, disse ela, em entrevista à revista Veja.

“Quando falo disso, vem logo a imagem da Marlene [Mattos, ex-diretora dos programas apresentados por Xuxa], mas não foi só ela. Confiei demais em todas as pessoas próximas a mim. Digo sem vergonha que fui inocente, boba, burra mesmo”.

Hoje, a eterna rainha dos baixinhos mantém diferentes negócios, que vão de ações em empresa de capital abertos a negócios casados aos seus princípios. Xuxa atua, por exemplo, nos ramos de estética, alimentação e festas infantis.

Quanto é a fortuna da Xuxa?

Fontes mais renomadas no ranqueamento de fortunas, a Forbes e a Bloomberg não relacionam a fortuna de Xuxa em seus rankings.

A Forbes lista brasileiros de ao menos US$ 1 bilhão (R$ 4,90 bilhões, pela cotação atual) em patrimônio estimado, enquanto a Bloomberg trabalha com 500 nomes no mundo e desses só 10 brasileiros, a partir de US$ 6,04 bilhões (R$ 29,63 bilhões).

Estimativas, no entanto, foram feitas. O site Wealthy Gorila atualizou em abril deste ano a sua lista de atrizes mais ricas e colocou Xuxa em 11º lugar, com um patrimônio estimado em US$ 160 milhões (cerca de R$ 785 milhões). Isso a colocaria a frente de nomes como as atrizes americanas Julia Roberts e Demi Moore.

O site, no entanto, não explicou como chegou ao valor, sendo o mesmo número da relação publicada anteriormente, em 2019. Publicações como Forbes e Bloomberg adotam um método que cruza diferentes informações, mas especialmente as participações das personalidades em empresas de capital aberta.

Salário de Xuxa na Globo e na Record

Xuxa já falou em entrevistas que o seu papel como fenômeno cultural lhe rendeu pagamentos generosos ao longo da carreira. Por exemplo, ela contou em entrevista à CNN Brasil em 2021 que recebia o equivalente a R$ 8 mil por dia no início do seu trabalho como modelo. “Eu chegava em casa e dizia: ‘o que eu vou fazer com tanto dinheiro? Onde eu vou botar isso?” relatou na época.

Reportagens das últimas décadas apontam diferentes valores para a remuneração de Xuxa nas emissoras pelas quais ela passou. No entanto, algo comum é que sempre se tratam de valores expressivos, altos mesmo para os padrões da televisão brasileira.

Em 2009, a revista IstoÉ publicou uma longa reportagem sobre a guerra das TVs, quando Record e SBT foram ao mercado em uma disputa intensa pela vice-liderança. A publicação noticiou que, após tirar Gugu Liberato do SBT, a Record já mirava a contratação de Xuxa. Na época, a promessa era que ela receberia mais do que a Globo pagava a ela, algo próximo de R$ 2,4 milhões.

No final, Xuxa renovou com a Globo e só foi migrar para a Record anos depois, em 2015. À época, diversos veículos noticiaram que a apresentadora migrou para a emissora por um salário de R$ 1 milhão mensais. De acordo com a revista Veja São Paulo, o equivalente a quatro vezes o que recebia em seus últimos tempos de Globo.

O site Notícias da TV informa que em seu último contrato com a Record, de 2017 a 2020, a remuneração de Xuxa caiu pela metade, para R$ 500 mil mensais. Importante frisar que os contratos de artistas em geral são compostos por uma parte fixa e uma variável, relacionada às publicidades que realizam dentro e fora dos seus programas.

Os negócios que fazem a fortuna da Xuxa

Se a fortuna da Xuxa poderia ser maior, como alega a apresentadora, caso ela não tivesse sido passada para trás no passado, hoje ela exerce a veia empreendedora. Xuxa está ligada a diferentes negócios, sempre ressaltando a importância de investir em empresas que estejam alinhadas aos seus valores.

Ela está entre os principais investidores de uma empresa negociada na bolsa de valores, a Espaçolaser (ESPA3). Em entrevista recente ao podcast Quem Pode, Pod, a apresentadora afirmou que só decidiu embarcar na empreitada após os atuais sócios instalaram uma máquina em sua casa. Dessa maneira, que ela pudesse verificar por experiência própria que o método de depilação à laser oferecido pela empresa era eficaz.

Xuxa ainda tem ao menos dois negócios conhecidos. Um é a franquia de buffets infantis Casa X, que conecta a rainha dos baixinhos ao público que a consagrou. E a outra, mais recente, é a entrada como sócia lanchonete Bloom, que foi rebatizada como XBloom e mira ser uma rede de fast foods veganos.

O que a Xuxa está fazendo atualmente?

Além de exercer a sua carreira nos negócios, Xuxa vive uma fase de destaque nos streamings e nas redes sociais.

Em julho deste ano, o Globoplay lançou a série documental “Xuxa, O Documentário”, produzida pelo jornalista e apresentador Pedro Bial. Ainda pelo streaming do grupo Globo está previsto para 2024 a série de ficção “Rainha”, que vai contar a história da vida de Xuxa dos anos 1980 aos anos 2000.

Também em 2023, Xuxa voltou aos cinemas após 12 anos. Em outubro, ela lançou o filme “Uma fada veio me visitar”, baseado em um livro da escritora Thalita Rebouças. No longa-metragem ela contracena com a humorista Dani Calabresa.