Corpus Christi: confira o que abre e o que fecha neste feriado

Veja os horários de serviços importantes para você se programar para esse feriado

Amanhã (8) é comemorado Corpus Christi, data tradicional da Igreja Católica e que celebra a eucaristia ou comunhão. Ou seja, aquele momento durante a missa em que a hóstia simboliza o corpo de Jesus Cristo.

Inclusive, em diversas cidades brasileiras, os fieis que comemoram esta data seguem uma tradição da cultura portuguesa de confeccionar grandes tapetes em espaços públicos com desenhos bíblicos e que são produzidos a partir de serragem, sal e outros materiais coloridos.

Ponto facultativo

Aliás, você sabia que o dia de Corpus Christi não é feriado nacional? Isso mesmo, a data é considerada como ponto facultativo no Brasil. Mas, ainda assim, muitas cidades adotaram o dia como feriado municipal. É o caso de Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), São Paulo (SP) e Belo Horizonte (MG).

Por isso, é importante ficar atento ao funcionamento – ou não – de serviços essenciais neste dia de Corpus Christi.

Então, confira abaixo os horários de algumas instituições.

Agências bancárias

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), a data será considerada como feriado. Dessa forma, o atendimento bancário presencial ao público estará suspenso no dia de Corpus Christi, mas os canais digitais e remotos estarão disponíveis para transferências e pagamentos de contas. 

E se você tem alguma conta de consumo, como de água, energia e telefone, com vencimento no dia do feriado, saiba que o documento poderá ser pago no dia útil seguinte, sem acréscimo do valor.

Bolsa de Valores do Brasil

A B3 também suspenderá suas atividades nesta quinta-feira. Desse modo, tanto negociações, movimentações, contratações ou qualquer atividade na Bolsa serão feitas apenas na sexta-feira (9), das 10h às 17h. 

CVM

As atividades da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) também serão dispensadas na quinta-feira em virtude do feriado. Assim como na sexta-feira, que também foi estabelecido como ponto facultativo de acordo com a Portaria 2.386/2023, do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, publicada em 29 de maio no Diário Oficial da União.