Comissão de Valores Mobiliários (CVM)

Direto ao Ponto
Comissão de Valores Mobiliários (CVM)

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) exerce o papel de regulador, conciliador e disciplinador do mercado de capitais.

Qual é a função da CVM, Comissão de Valores Mobiliários?

Uma empresa que pretende abrir capital precisa cumprir uma série de normas antes de conseguir o registro para negociar suas ações. Já o investidor quer transparência e garantia de que está aplicando seu dinheiro com segurança. Cabe à entidade assegurar o equilíbrio e o funcionamento eficiente desta engrenagem. Mas nem sempre a harmonia e o bom entendimento prevalecem entre as partes. Então a CVM entra em campo para analisar qualquer suspeita de manipulação e tem competência legal até mesmo para impor sanções a quem estiver prejudicando a dinâmica do jogo.   

Quando uma informação é crime 

Na jornada para aprender tudo sobre investimentos certamente você já deve ter se deparado com a expressão insider information, que em tradução livre pode ser algo como “informação privilegiada”. Ela nada mais é que o uso de informações para conseguir lucros e vantagens no mercado de capitais. Esta é, aliás, uma das ilicitudes mais comuns apuradas pela CVM.

O problema é quando a informação de um fato importante de uma companhia não é de conhecimento geral e é usada para enganar outros acionistas que possuem a determinada ação. É justamente para conter o dano deste movimento e banir os espertalhões que CVM está na espreita. O retorno no caso de condenação por insider information pode ser amargo. O crime prevê de um a cinco anos de prisão, mais multa de até três vezes o montante da vantagem ilícita obtida.   

Como tudo começou 

A criação da CVM ocorreu em 7 de dezembro de 1976 pela Lei nº 6.385 com o objetivo de tornar o mercado de capitais mais previsível e proteger quem investe. Ela é uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Economia, antigo Ministério da Fazenda, porém sem subordinação hierárquica. Ou seja, atua de forma autônoma, sem a influência do Governo Federal.

A entidade pública conta com personalidade jurídica e patrimônio próprios. A estrutura do colegiado tem um presidente e quatro diretores, todos escolhidos pelo presidente da República e aprovados após sabatina no Senado. O mandato dos dirigentes é de cinco anos, com a recondução vedada por lei. Eles só perdem os postos em virtude de renúncia, de condenação judicial transitada em julgado ou de processo administrativo disciplinar. 

Conheça a atuação da CVM em seis pontos principais

  1. Valores mobiliários são ativos de renda fixa ou variável emitidos por empresas de capital aberto para a captação de recursos, como ações, cotas de fundos de investimentos e debêntures
  1. A CVM credencia e fiscaliza auditores independentes, gestores de carteiras, agentes autônomos, entre outros; 
  1. A autarquia organiza o funcionamento da B3, inspeciona os fundos de investimentos e analisa as informações prestadas pelas companhias listadas na Bolsa de Valores
  1. Ela pode punir com advertência, multa, suspensão ou cassar a autorização para trabalhar ou fazer operações no mercado de capitais; 
  1. Tem ainda o dever de denunciar ao Ministério Público a ocorrência de indícios de ilícito penal nos processos em que identifica irregularidades; 
  1. A entidade não tem competência para determinar o ressarcimento de eventuais prejuízos sofridos pelos investidores em razão da ação ou omissão de agentes do mercado. 

Glossário  Bolsa de Valores Ir para: Verbetes

Conheça os termos mais importantes para enriquecer a sua Inteligência Financeira

Direto ao Ponto
Blue Chip

Blue chips (ou large caps) são empresas listadas na Bolsa de Valores e que têm valor de mercado acima de R$ 40 bilhões.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Oferta hostil

Também conhecida como aquisição hostil, a oferta hostil acontece quando uma empresa ou um grande investidor toma o controle de uma companhia listada em Bolsa, comprando suas ações.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Acionista

Acionista é o investidor pessoa física ou jurídica que tem uma ou mais ações – ou até frações - de uma empresa.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
B3

A B3, sigla para ‘Brasil, Bolsa e Balcão’, é a Bolsa de Valores do Brasil, que está sediada em São Paulo.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Berkshire Hathaway

Berkshire Hathaway é uma holding com sede em Nebraska (EUA), que está sob comando de Warren Buffett.…

Leia Mais Ir para:
Swiper Próximo
Swiper Anterior

Você também pode gostar 🔽

Redação IF Publicado em 27.jun.2022 às 10h46
Ibovespa começa semana em alta acompanhando pares globais

Investidores monitoram de perto os riscos fiscais e políticos

Redação IF Publicado em 27.jun.2022 às 08h44
IF Hoje: Indicadores da atividade econômica nos EUA são destaque

No Brasil, atenções estão no risco fiscal e na mudança de gestão na Petrobras

Redação IF Publicado em 27.jun.2022 às 08h26
Dólar deve permanecer pressionado no exterior com melhor desempenho de mercado global de ações

O dólar inicia a semana mais fraco no mercado internacional, de olho nos proximos movimentos do banco central dos EUA

Valor Econômico Publicado em 27.jun.2022 às 07h48
Risco-Brasil aumenta e ativos locais têm piora com discussão fiscal

Medidas em debate para mitigar alta dos combustíveis geram desconfiança entre investidores

Redação IF Publicado em 27.jun.2022 às 07h37
‘Teremos petróleo elevado dois ou três anos’ , afirma CEO da 3R Petroleum

Executivo vê cotação do barril alta por mais tempo, o que favorece produção, mas diz que a saída não é ‘mudar arcabouços legais por razões transitórias’